rio

rio

sexta-feira, 28 de junho de 2013

ESSA EU ESCUTEI


Se o governador do Amapá Camilo estivesse preocupado com sua reeleição no próximo ano, MANDARIA um informante ficar na fila do Banco do Brasil para saber o que a população pensa dele.

Surpreendi-me com o que disse um servidor publico chateado com o aviso colado na porta de vidro do Banco do Brasil, em dedo em riste com o semblante de alguém entristecido esbravejou e fui testemunha > ‘ ESSE AI  (      ) NÃO GANHA NEM PRA PRESIDENTE DE BAIRRO, imagina voltar ao governo de novo...

É UM ABSURDO O QUE ESSE HOMEM FAZ COM A GENTE, SÓ PAGA NO FIM DO MÊS, NO ULTIMO DIA, NO FIM DA TARDE, E OLHA, apontava pra mim,  depois das seis, imagina, e os meus compromissos, ele não tem MÃE   (   )

EU SACUDI A CABEÇA E FUI EMBORA.

Nem sei se concordo, discordo, reclamo, proclamo minha revolta como ele, mas, enfim, a POPULAÇÃO VAI LHE DAR O TROCO. AGUARDE.

A EDUCAÇÃO QUE QUERO COMO DOCENTE


A EDUCAÇÃO QUE QUEREMOS “COMO DOCENTE”

Por > Neca Machado > Especialista em EDUCAÇÃO PROFISSIONAL – Bacharel em Direito.

Após quase 03 décadas contribuindo como DOCENTE da rede de ensino publica no Amapá na formação de centenas de Estudantes, REPENSO meus valores sobre a EDUCAÇÃO que quero.

Não me movo por uma indignação e nem por uma discordância como o Monge alemão Martinho Lutero que inaugurou a ESCOLA MODERNA e que tive o prazer de conhecer seus aposentos na Alemanha no Castelo de Wartburg em Eisenach, onde expressei um dos momentos mais marcantes na minha vida ao dividir a realidade de um Pensador que viveu em 1546 com a minha nortista.

·         A Escola que queremos como DOCENTE efetiva integrada ao governo do Estado por um processo seletivo, CONCURSO PUBLICO, é a Escola da SOCIALIZAÇÃO DO CONHECIMENTO, da inovação tecnológica, não uma escola do faz de conta, onde a criatividade tem que ser regra, não exceção, recursos existem para atingi-los com projetos inovadores.

·         QUERO uma escola de gestão compartilhada com boas normas de conduta de coordenadores, sem ARROGANCIA, PRESUNÇÃO, que fazem muitas vezes das instituições educacionais, extensões de suas residências, sem oportunizarem seus colaboradores de FALAREM, DE DIVIDIREM e de expressarem seus pensamentos, para tornar esta Escola digna de uma NOVA GERAÇÃO.

·         QUERO uma Escola de SOCIALIZAÇÃO de conhecimento, onde possamos atingir metas de valores científicos por MERITO, não por apadrinhamento, queremos MESTRADO E DOUTORADO JUSTO E PARA TODOS.

·         QUERO uma escola de aperfeiçoamento continuo sem precisar dispor de meus recursos para buscar este conhecimento que será dividido sem o egoísmo dos medíocres que por bajulação são contemplados com Mestrados e doutorados em detrimento de muitos mais capazes, esquecidos por serem os verdadeiros Pensadores da NOVA EDUCAÇÃO.

·         QUERO uma educação que RESPEITE SERES HUMANOS por desumanos que chegam nas instituições sem competência e sem formação.

·         ESTE É UM VERDADEIRO MOMENTO DE REVOLUÇÃO DE TODOS que acordaram, que acordamos e que não mais iremos nos CURVAR perante, quem está no Poder.

·         MOMENTO HISTORICO onde as Leis estão mudando, onde a corrupção será realmente CRIME HEDIONDO, onde o ASSEDIO MORAL de GESTORES INCOMPETENTES chegará ao Judiciário, para puni-los por suas atrocidades.

·         ESSA É A VERDADEIRA ESCOLA QUE QUERO , DA JUSTIÇA VERDADEIRAMENTE SOCIAL, IGUALITARIA.

 

 

 

 

 

 

 

quinta-feira, 27 de junho de 2013

TREMEI CORRUPTOS.

Brasília - Sob protestos, os senadores aprovaram há pouco o projeto que define corrupção e outros delitos como crime hediondo e altera a punição para eles. A votação da proposta é uma promessa do presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), que, em pronunciamento ontem no plenário, anunciou um pacote com 17 projetos que teriam prioridade. Renan ameaça suspender o recesso legislativo em meados de julho caso o pacote não seja apreciado. Os senadores nem sequer assistiram ao jogo do Brasil. Embora haja outros projetos semelhantes tramitando na Casa, Renan escolheu a proposta do senador Pedro Taques (PDT-MT), que estava na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ). O texto de Taques, ex-procurador da República, altera a Lei dos Crimes Hediondos e o Código Penal Brasileiro. A proposição torna não apenas a corrupção passiva e ativa crime hediondo, como também a concussão, ou seja, a exigência de vantagem indevida para si ou outra pessoa em razão da função assumida. Em seu relatório, o senador Álvaro Dias (PSDB-PR) incluiu também no rol de crimes hediondos o peculato - quando o funcionário público se apropria ou desvia de bens ou valores em razão do cargo que ocupa - e o excesso de exação - um subtipo do crime de concussão, quando o funcionário público cobra por um serviço cujo pagamento estado não exige. De acordo com o texto, a pena mínima para quem pratica concussão (exige vantagem indevida para si ou outra pessoa em razão da função assumida) passa de dois para quatro anos. Acusados do crime podem ficar presos por até oito anos. Para corrupção ativa ou passiva e peculato, a pena mínima também passa de dois para quatro anos. A máxima se mantém em 12 anos. A pena mínima para quem pratica excesso de exação sobe de três para quatro anos. O condenado pode ficar preso, no máximo, oito anos. Uma emenda apresentada pelo ex-presidente do Senado José Sarney (PMDB-AP), acatada durante a discussão, inclui ainda o crime de homicídio simples cometido de forma qualificada - quando a pessoa tem a intenção de matar, mas tem a intenção de causar sofrimento à vítima - como hediondo. Outra emenda do senador Wellington Dias (PT-PI) trata de peculato qualificado, ou seja, quando o crime é cometido por autoridades (ministros, membros do Poder Judiciário, do Ministério Público, entre outros). A ideia é aumentar em um terço a pena, que é de quatro a doze anos, quando houver "expressivo dano causado por agente político", conforme explicou o petista. Apesar da pressa do presidente do Senado, a proposta ainda precisa tramitar na Câmara dos Deputados. No entanto, o presidente da Casa, deputado Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), ainda não deu sinalização de que vai priorizar a proposta.

quarta-feira, 26 de junho de 2013

STF DETERMINA PRISÃO DE DEPUTADO FEDERAL

BRASÍLIA - O Supremo Tribunal Federal (STF) determinou a imediata prisão do deputado Natan Donadon (PMDB-RO), condenado pelo tribunal à pena de reclusão de 13 anos, 4 meses e 10 dias, em regime inicialmente fechado, pelos crimes de formação de quadrilha e peculato. O parlamentar foi acusado de envolvimento em desvios de recursos da Assembleia Legislativa de Rondônia. Essa será a primeira vez, na vigência da Constituição de 1988, que um deputado será preso por decisão do Supremo. Donadon foi condenado em outubro de 2010, mas só agora o tribunal julgou os recursos pendentes. A defesa do deputado recorreu da decisão, alegando que outros acusados de participar do mesmo esquema de Rondônia foram condenados a penas inferiores. Com a condenação e perda dos direitos políticos, caberá agora à Câmara decidir pela cassação do mandato do deputado. Caso contrário, Donadon estará na cadeia, cumprindo pena em regime fechado, mas ainda exercendo mandato parlamentar. Essa discussão, que já foi aventada no julgamento do mensalão, coloca o Supremo e o Congresso em colisão. Os parlamentares entendem que cabe ao Legislativo a cassação de mandatos. A decisão, neste momento, vem na esteira das manifestações de rua, tendo como algumas das bandeiras o combate à corrupção e a impunidade. A ministra Cármen Lúcia, que relatou o processo, colocou e tirou os recursos da pauta de julgamentos em várias ocasiões. Em razão disso, houve a demora para a conclusão do caso. Natan Donadon foi condenado pelo STF sob a acusação de ter desviado recursos da Assembleia por meio de contrato simulado de publicidade. De acordo com a acusação do Ministério Público Estadual, a quadrilha era encabeçada pelo então presidente da Assembleia, deputado Marcos Antonio Donadon e por Mario Carlixto Filho, empresário de comunicação em Rondônia. Natan Donadon era o diretor financeiro da Assembleia. O esquema de desvios funcionou ininterruptamente de julho de 1995 a janeiro de 1998, segundo a acusação. Para cumprir o contrato simulado, a Assembleia emitia em favor da empresa envolvida cheques para pagar pelos serviços publicitários que não eram prestados. A soma dos cheques, conforme o MP, totalizou R$ 8,4 milhões em valores da época.

ATENDIMENTO AO PUBLICO

URGENTE A Secretaria De Segurança Publica do Amapá precisa com urgência CAPACITAR seus servidores de atendimento ao PUBLICO. Exemplo > CIOSP DO PACOVAL < NÃO QUEREM REGISTRAR BOLETINS DE OCORRENCIA DE TRANSITO. Atendimento é agressivo. Atendentes mal humorados DELEGACIA DAS MULHERES Atendimento sem qualidade, agressividade da atendente, falta de orientação, a SRA que faz a ocorrência se veste de maneira inadequada, com seios a mostra, unhas grandes que dificultam a digitação com erros de português, poderiam usar uniforme. Mulheres maltratadas no atendimento.

terça-feira, 25 de junho de 2013

RECEPTAÇÃO DE LEITE ESCOLAR NO AMAPÁ.

Receptação de leite destinado a merenda escolar leva empresarios a cadeia NO AMAPÁ. EU HEIM!

CRITICAS AO GOVERNADOR DO AMAPÁ

CORRUPÇÃO SERÁ CRIME HEDIONDO

MUDANÇA A VISTA NO BRASIL Plebiscito para a reforma politica será convocação da Presidenta Dilma. CORRUPÇÃO SERÁ CRIME HEDIONDO. Agora depois da pressão popular os CORRUPTOS E BANDIDOS QUE SE CUIDEM, vão ser presos, devolver o que roubaram e ser expurgados da vida publica, ISSO NÃO É SONHO, É PRESSÃO POPULAR. TREMEI LADRÕES. TREMEI LADRÕES O FUTURO DE VOCES É CADEIA.

segunda-feira, 24 de junho de 2013

MINISTERIO PUBLICO DE OLHO NA PINTURA DA AL-AP

UTOPIAS DO PREFEITO DE MACAPÁ

UTOPIAS DO PREFEITO • Constituir um OBSERVATORIO • Tentou formar o COMITE DO POVO que não deu certo • Acessibilidade das calçadas > PURA ILUSÃO • Agora quer caminhão para levar bicicleta, pode, • Não tem ônibus adaptado em Macapá para cadeirante, imagina LEVAR BICICLETA. • O Asfalto da parceria NÃO TEM 3 CENTIMETROS, SÓ ENGANAÇÃO. • A POPULAÇÃO NÃO ESTÁ SATISFEITA NÃO PREFEITO, já estamos no mês de JULHO, e as suas utopias são reais.

domingo, 23 de junho de 2013

OPINIÃO

CURTAS DA NECA • MOVIMENTO ACORDA AMAPÁ precisa com urgência e em parceria com o setor de investigação da Policia Militar, MONITORAR os cabeças do VANDALISMO, são grupos comandados por seguidores de políticos inescrupulosos trazendo prejuízo a empresários locais. • Suspeitas de casos de TUBERCULOSE no Instituto Penitenciário do Amapá deixa familiares de detentos preocupados, é hora do Ministério Publico e da Comissão de Direitos Humanos da OAB-AP se manifestarem. • PARAQUEDISTAS DE PLANTÃO DE OLHO NAS PROXIMAS ELEIÇÕES precisam mudar de estratégias, O POVO ACORDOU. • PARTIDO DE FAMILIA em Macapá coloca nova candidata que sequer sabe falar. EU HEIM! É O CLÃ DE NOVO.

PADRE PAULO CONCEIÇÃO NAS MANIFESTAÇÕES DE RUA