rio

rio

quinta-feira, 30 de junho de 2016

A DOR SINGULAR DO JORNALISTA EUCLIDES MORAES

UMA DOR SINGULAR
Um dia ao sair de um velório do pai de um ex aluno meu, com lagrimas nos olhos, caminhando pelas ruas refleti o que ele tanto dizia com o sentimento da partida do Pai.
“ A DOR COMPARTILHADA, É AMENIZADA...”
Só sabe a extensão da dor, quem dela tem parte, a vivenciou, a viveu intensamente, a reproduziu em sentimentos singulares, a COMPARTILHOU.
Não adianta retorica em um momento de DOR, o SILENCIO é mais importante porque ele se une e compartilha o mesmo sentimento do sofrimento.
NÃO posso dizer da dor que sente neste momento o querido Jornalista EUCLIDES MORAES com a partida precoce de SEU ÚNICO FILHO HOMEM, DUDU que lhe servia de companhia e afago.
Existem coisas sobrenaturais que aprendi com o passar dos anos a OBSERVAR mais atentamente, não são coincidências, são momentos reais que se sucedem anos em minha vida que não consigo explicar. (Ontem foi mais uma delas,) observo o cantar de um pássaro que sempre que aparece na minha janela traz uma despedida, não consigo me desprender do sinal que ele me traz, sempre foi assim, quando ele aparece alguém próximo de mim, falece, e ontem ele apareceu com um FILHO, onde as penas ainda na juventude não tinha a cor real, O PASSARO ERA DOURADO, gritou, passeou levemente pelas arvores que ficam próximo da minha janela, depois deu um grito tão feio, e ainda permitiu que eu fosse buscar minha máquina e o filmasse, e EU com o meu coração disse só pra mim, alguém vai partir, e deve ser jovem, porque ele hoje veio com o filho.
E infelizmente DUDU partiu.
Curtir
Comentar
Comentários
Neca Machado
Escreva um comentário...
ESSA DOR É SINGULAR
Euclides Moraes
Ontem às 09:31 ·
O destino foi injusto comigo.
Acordei hoje sem meu filho à mesa para tomar o café comigo, partiu ontem às 20 horas, sem nem mesmo se despedir.
Eduardo Rodrigues de Moraes, Dudu, levou minha alegria e meu último projeto de vida. Os outros filhos formados, casados, encaminhado, todas lindas e amorosas mulheres que preenchem minha vida de orgulho e significado. Dudu, o único homem, começando a vida acadêmica, 18 anos, partiu. Só peço aos amigos que orem junto comigo pela Paz da sua jovem alma que mora agora na Casa do Pai.
Compartilhar
Curtir
Comentar

SECRETARIA DE EDUCAÇÃO DO AMAPÁ, CONCEIÇÃO MEDEIROS FALA SOBRE 3º POLO D...

REVOLTA NA POPULAÇÃO DO AMAPÁ COM O FECHAMENTO DO CENTRO GRAZIELA REIS DE SOUZA

TRISTE FIM DO CENTRO GRAZIELA REIS DE SOUZA

Neca Machado adicionou 3 novas fotos.
1 minuto
TRISTE FIM DO GRAZIELA REIS DE SOUZA
CurtirMostrar mais reações
 
Comentar
Comentários
Neca Machado TRISTE FIM DO CENTRO DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL GRAZIELA REIS DE SOUZA NO AMAPÁ
28.06.2016

Por > Neca Machado (Administradora Geral, Artista Plástica, Bacharel em Direito Ambiental, Especialista em Educação Profissional, Escritora de Mitos da Amazônia, Fotografa com mais de 100 mil fotografias diversas, Pesquisadora da Cultura Tucuju, Contista, Cronista, Poetisa, Licenciada Plena em Pedagogia, Jornalista, Blogueira com 23 blogs na web, Quituteira, Co-autora em 02 Obras literárias na Europa, Ecos de Apolo e Palavras (com) Sentidas, editadas em Lisboa-Portugal.)

• OUTRO RUMO PARA O GRAZIELA REIS

O dia 27 de junho de 2016 deixa uma marca de tristeza, angustia e decepção com a educação do Amapá para muitos profissionais que labutaram décadas dentro de uma instituição que faz 37 anos de existência no Amapá.
Em uma breve reunião servidores, docentes, e auxiliares tomaram conhecimento de maneira sucinta que MUITOS SERIAM DEVOLVIDOS para a Secretaria de Educação do Estado do Amapá porque a escola sem condições de continuidade a partir da data tomaria OUTRO RUMO.

• BREVE HISTORICO DO GRAZIELA REIS DE SOUZA
Há 37 anos o CENTRO DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL GRAZIELA REIS DE SOUZA forma verdadeiros profissionais no Amapá.

Fundada e criada pelo então governador Arthur de Azevedo Henning com o objetivo de valorizar a educação Profissional no Amapá o Centro Graziela Reis tinha inicialmente nome de ESCOLA ESTADUAL PROFESSORA GRAZIELA REIS DE SOUZA, E FOI CRIADO através do decreto governamental 004/79-GAB. Homenageando uma das mais importantes Professoras do Amapá, a Professora Graziela Reis. Tudo isso atendendo os fundamentos da Lei 5.692/71 de 11 de agosto de 1971.
Inicialmente a escola atendia a formação profissional nos cursos de AGROPECUARIA, SAUDE E CONSTRUÇÃO CIVIL, desde 1979 a escola tinha uma integração com o Colégio Amapaense onde este ministrava as disciplinas básicas e o Centro GRAZIELA REIS DE SOUZA atendia as disciplinas profissionalizantes, com isso foi responsável pela formação profissional de MILHARES de estudantes no estado do Amapá e de outros estados que passaram pelo centro educacional.
Atualmente o centro atende estudantes da área de SAUDE BUCAL, MEIO AMBIENTE E ANALISES CLINICA.

PRIMEIRO DIRETOR >EDGAR TADEU DE MATOS TOSTES

EX-DIRETORES > DENTRE ELES:

• ROSY TORRES
• CARLOS GUILHERME OLIVEIRA
• MARIA SALOMÉ GOMES SARES
• CELIA COUTINHO
• HAROLDO
• JAIR DONIZETE
• EDVAN
• CRISTIANE....

FATOS E BOATOS
Desde o início do ano de 2016 BOATOS correm pela cidade que o Centro GRAZIELA REIS seria doado para Universidade Estadual do Amapá, o que foi contestado pela atual Secretaria de Educação Conceição Medeiros, que em entrevista concedida a mim (Neca Machado no Youtube) REITEROU que seriam somente 04 salas disponibilizadas para a instituição, diferente da entrevista de Carlos Marques que afirmava ser o GRAZIELA REIS O TERCEIRO POLO da instituição estadual, diferente da reunião ocorrida em 27.06.2016.

HOJE, 28.06.2016

DEZENAS DE PROFISSIONAIS ESTÃO SENDO DEVOLVIDOS A SECRETARIA DE EDUCAÇÃO.

MUITOS possuem décadas de exercício a educação do Graziela Reis e sequer RECEBERAM como reconhecimento por serviços prestados a instituição, uma PORTARIA DE ELOGIO.

PROTESTO

• Boatos dão conta que haverá ação civil pública nos órgãos de justiça.
• A população do Amapá NÃO FOI COMUNICADA DA DECISÃO que para muitos é arbitraria.

• EDUCADORES questionam a omissão de Parlamentares do Amapá que NADA fizeram para que a escola chegasse a essa condição de ABANDONO, com mais de 16 laboratórios sem condições de uso.

• É PRECISO URGENTE UMA AUDITORIA DOS ÓRGÃOS DE CONTROLE EXTERNO

• A ESCOLA TINHA UM CRONOGRAMA DE EDITAL PARA NOVAS TURMAS EM 2016 > MAS NADA FOI FEITO.

• DENTRO DA INSTITUIÇÃO PROFISSIONAIS CRESCERAM BUSCANDO CONHECIMENTO, E O NUMERO DE MESTRES E DOUTORES É GRANDE.

FOI UM PRESENTE DE FÉRIAS ANTECIPADO DOS PIORES A EDUCAÇÃO DO AMAPÁ.

É PRECISO QUE O SINDICATO DOS PROFESSORES SE MANIFESTE
É PRECISO QUE PARLAMENTARES AGORA MOSTREM TRABALHO.

TRISTE FIM DE UM CENTRO EDUCACIONAL DOS MELHORES NO AMAPÁ.

JUSTIÇA É O CLAMOR DE SERVIDORES.

TRISTE FIM DO CENTRO GRAZIELA REIS DE SOUZA-AMAPÁ (FOTOS POSSUEM DIREITO AUTORAL-REPRODUÇÃO PROIBIDA)

Neca Machado adicionou 3 novas fotos.
1 minuto
TRISTE FIM DO GRAZIELA REIS DE SOUZA
CurtirMostrar mais reações
 
Comentar
Comentários
Neca Machado TRISTE FIM DO CENTRO DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL GRAZIELA REIS DE SOUZA NO AMAPÁ
28.06.2016

Por > Neca Machado (Administradora Geral, Artista Plástica, Bacharel em Direito Ambiental, Especialista em Educação Profissional, Escritora de Mitos da Amazônia, Fotografa com mais de 100 mil fotografias diversas, Pesquisadora da Cultura Tucuju, Contista, Cronista, Poetisa, Licenciada Plena em Pedagogia, Jornalista, Blogueira com 23 blogs na web, Quituteira, Co-autora em 02 Obras literárias na Europa, Ecos de Apolo e Palavras (com) Sentidas, editadas em Lisboa-Portugal.)

• OUTRO RUMO PARA O GRAZIELA REIS

O dia 27 de junho de 2016 deixa uma marca de tristeza, angustia e decepção com a educação do Amapá para muitos profissionais que labutaram décadas dentro de uma instituição que faz 37 anos de existência no Amapá.
Em uma breve reunião servidores, docentes, e auxiliares tomaram conhecimento de maneira sucinta que MUITOS SERIAM DEVOLVIDOS para a Secretaria de Educação do Estado do Amapá porque a escola sem condições de continuidade a partir da data tomaria OUTRO RUMO.

• BREVE HISTORICO DO GRAZIELA REIS DE SOUZA
Há 37 anos o CENTRO DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL GRAZIELA REIS DE SOUZA forma verdadeiros profissionais no Amapá.

Fundada e criada pelo então governador Arthur de Azevedo Henning com o objetivo de valorizar a educação Profissional no Amapá o Centro Graziela Reis tinha inicialmente nome de ESCOLA ESTADUAL PROFESSORA GRAZIELA REIS DE SOUZA, E FOI CRIADO através do decreto governamental 004/79-GAB. Homenageando uma das mais importantes Professoras do Amapá, a Professora Graziela Reis. Tudo isso atendendo os fundamentos da Lei 5.692/71 de 11 de agosto de 1971.
Inicialmente a escola atendia a formação profissional nos cursos de AGROPECUARIA, SAUDE E CONSTRUÇÃO CIVIL, desde 1979 a escola tinha uma integração com o Colégio Amapaense onde este ministrava as disciplinas básicas e o Centro GRAZIELA REIS DE SOUZA atendia as disciplinas profissionalizantes, com isso foi responsável pela formação profissional de MILHARES de estudantes no estado do Amapá e de outros estados que passaram pelo centro educacional.
Atualmente o centro atende estudantes da área de SAUDE BUCAL, MEIO AMBIENTE E ANALISES CLINICA.
PRIMEIRO DIRETOR >EDGAR TADEU DE MATOS TOSTES
EX-DIRETORES > DENTRE ELES:
• ROSY TORRES
• CARLOS GUILHERME OLIVEIRA
• MARIA SALOMÉ GOMES SARES
• CELIA COUTINHO
• HAROLDO
• JAIR DONIZETE
• EDVAN
• CRISTIANE....

FATOS E BOATOS
Desde o início do ano de 2016 BOATOS correm pela cidade que o Centro GRAZIELA REIS seria doado para Universidade Estadual do Amapá, o que foi contestado pela atual Secretaria de Educação Conceição Medeiros, que em entrevista concedida a mim (Neca Machado no Youtube) REITEROU que seriam somente 04 salas disponibilizadas para a instituição, diferente da entrevista de Carlos Marques que afirmava ser o GRAZIELA REIS O TERCEIRO POLO da instituição estadual, diferente da reunião ocorrida em 27.06.2016.

HOJE, 28.06.2016

DEZENAS DE PROFISSIONAIS ESTÃO SENDO DEVOLVIDOS A SECRETARIA DE EDUCAÇÃO.

MUITOS possuem décadas de exercício a educação do Graziela Reis e sequer RECEBERAM como reconhecimento por serviços prestados a instituição, uma PORTARIA DE ELOGIO.

PROTESTO

• Boatos dão conta que haverá ação civil pública nos órgãos de justiça.
• A população do Amapá NÃO FOI COMUNICADA DA DECISÃO que para muitos é arbitraria.
• EDUCADORES questionam a omissão de Parlamentares do Amapá que NADA fizeram para que a escola chegasse a essa condição de ABANDONO, com mais de 16 laboratórios sem condições de uso.
• É PRECISO URGENTE UMA AUDITORIA DOS ORGÃOS DE CONTROLE EXTERNO
• A ESCOLA TINHA UM CRONOGRMA DE EDITAL PARA NOVAS TURMAS EM 2016 > MAS NADA FOI FEITO.
• DENTRO DA INSTITUIÇÃO PROFISSIONAIS CRESCERAM BUSCANDO CONHECIMENTO, E O NUMERO DE MESTRES E DOUTORES É GRANDE.

FOI UM PRESENTE DE FÉRIAS ANTECIPADO DOS PIORES A EDUCAÇÃO DO AMAPÁ.

É PRECISO QUE O SINDICATO DOS PROFESSORES SE MANIFESTE
É PRECISO QUE PARLAMENTARES AGORA MOSTREM TRABALHO.

TRISTE FIM DE UM CENTRO EDUCACIONAL DOS MELHORES NO AMAPÁ.

JUSTIÇA É O CLAMOR DE SERVIDORES.