rio

rio

segunda-feira, 31 de março de 2014

Desvio milionário da Secretaria de Estado da Educação (Seed).

VALE A REPRODUÇÃO
Sete pessoas são alvo de denúncia do Ministério Público Federal no Amapá (MPF/AP). Pesa sobre elas a acusação de desvio milionário da Secretaria de Estado da Educação (Seed). O esquema foi revelado durante as investigações que deram origem à Operação Mãos Limpas. A denúncia foi ajuizada nesta segunda-feira, 31 de março.
A fraude teve início quando a Seed dispensou licitação para contratar a empresa de vigilância Amapá VIP. De julho de 2007 a setembro de 2010, o procedimento aconteceu quatro vezes. Além das dispensas ilegais, para manter os serviços, os contratos firmados com a empresa foram prorrogados outras cinco vezes. Os mais de três anos de contratação irregular causaram dano ao erário de mais de R$100 milhões – valor atualizado até dezembro de 2013.
Em 2007, a Seed abriu licitação para contratar serviço de vigilância. Em vez de contratar a empresa vencedora, o então secretário José Adauto Bittencourt, sem fundamento, revogou o processo licitatório. Em seguida, a Seed contratou emergencialmente a empresa de Alexandre Gomes de Albuquerque, Amapá VIP. Segundo a ação, a contratação da Amapá VIP se perpetuou no tempo. O contrato de emergência foi sendo prorrogado por vários anos, sem justificativa plausível para a dispensa na licitação.
Durante a investigação, o MPF/AP constatou que o então secretário de Educação, Adauto Bittencourt, era o responsável por manter o contrato com a Amapá VIP. Ele também atuava junto à Secretaria de Planejamento (Seplan) para acelerar o pagamento à empresa. Pelos serviços, o ex-secretário recebia por mês cem mil reais de Alexandre Gomes de Albuquerque.
O empresário e José Orlando Menezes Ferreira, segundo homem da Amapá VIP, peregrinavam na Seed e Seplan para obter pagamento. Eles também eram os responsáveis por distribuir o dinheiro recebido entre os participantes do esquema.
Carlos Augusto Moraes Dolzanes, gerente do Banco do Brasil, atuava como consultor pessoal de Alexandre Albuquerque. Valendo-se da condição de bancário, acessava informações sigilosas do Estado do Amapá, alertava quando havia disponibilidade financeira para efetuar os pagamentos. Também facilitava o saque de altas quantias em espécie para que Alexandre distribuísse entre os comparsas.
O secretário adjunto da Seplan, Armando Ferreira do Amaral Filho, e funcionário, Nelson, cuidavam dos interesses da Amapá VIP na Secretaria, facilitando o pagamento. Dinassi Siqueira do Carmo, presidente do sindicato dos vigilantes,valia-se da condição de sindicalista para pressionar o governo a pagar a Amapá VIP. Também se utilizando da condição sindical, atuava junto à opinião pública defendendo o contrato da empresa com a Seed. A atuação foi importante para a manutenção dos contratos.
Crimes - Segundo a denúncia, eles vão responder por associação criminosa, dispensa ilegal de licitação e prorrogação contratual fora das hipóteses previstas em lei, peculato e quebra de sigilo bancário. As penas para os crimes podem chegar a 12 anos de prisão.
Confira no infográfico mais detalhes da atuação de cada denunciado.

Assessoria de Comunicação Social
Procuradoria da República no Amapá

WALDEZ GOES VAI RESPONDER POR PECULATO, ASSOCIAÇÃO CRIMINOSA E FRAUDE.

VALE A REPRODUÇÃO

Doze pessoas, entre elas o ex-governador Waldez Góes (PDT), vão responder em juízo por peculato, associação criminosa e fraudes em licitação. Os crimes foram praticados na Secretaria de Justiça e Segurança Pública (Sejusp) entre 2007 e 2010. A denúncia do Ministério Público Federal no Amapá (MPF/AP) é resultado das investigações que culminaram na Operação Mãos Limpas, deflagrada pela Polícia Federal em setembro de 2010. Em valores atualizados, o grupo gerou dano de R$6 milhões aos cofres públicos.
A ação do MPF/AP se refere a fraudes em licitações para locação de veículos; compra de alimentos; e aquisição de materiais de expediente e de informática. Segundo o documento, a maioria dos processos licitatórios da Sejusp era simulada – não havia efetiva concorrência – e destinada a empresas previamente definidas. As empresas, por sua vez, superfaturavam os preços e pagavam propina aos funcionários públicos envolvidos na licitação, inclusive ao ex-secretário Aldo Alves e ao ex-governador Waldez Góes.
Empresas - A Sejusp alugava carros da empresa de fachada Xavier & Veras Ltda. Para constituir a firma, José do Espírito Santo Galvão Veras, Zeca, usou dois laranjas, um deles o próprio irmão. Conforme demonstrado na denúncia, Zeca tinha fortes relações com o então governador Waldez Góes. Na época da campanha, a empresa de Zeca, Xavier & Veras, cedeu uma Toyota Hilux para o ex-governador e candidato ao Senado à época.
Com a empresa J.M.R da Silveira, a Sejusp firmou contrato para fornecimento de lanches. Mara Núbia, gerente da empresa, pagava propina a servidores e viabilizava o trânsito de dinheiro entre as empresas participantes do esquema.
O funcionário público Ezir Oliveira das Chagas abriu sete empresas, algumas em seu nome e outras em nome de laranjas. Para dar aparência de competitividade, elas disputavam as licitações entre si. As empresas dele detinham pelo menos oito contratos com a Sejusp para prestar serviços de informática e fornecer material permanente. O valor dos contratos ultrapassaram R$2 milhões.
Penas -  O Código Penal prevê pena de reclusão de até 12 anos e multa para peculato – crime cometido por funcionário público para beneficiar a si ou a outros. Para associação criminosa, de um a três anos de reclusão. As fraudes em licitação podem resultar em detenção de até cinco anos e pagamento de multa. Ao calcular as penas, a Justiça Federal deve levar em consideração que algumas fraudes foram cometidas dezenas de vezes pela mesma pessoa, o que pode aumentar o tempo de condenação.
Confira no infográfico a participação de cada pessoa no esquema denunciado pelo MPF/AP.
Assessoria de Comunicação Social
Procuradoria da República no Amapá

8000 OITO MIL ACESSOS > OBRIGADO, OBRIGADO...


OBRIGADO, OBRIGADO a quem se dispõe a OLHAR O MEU BLOG > NÃO é facil fazer um blog sem apoio, sem dinheiro, sem.....EU continuo persistente em OLHAR, OLHAR E OLHAR... minha cidade, com OLHAR DE OBSERVAÇÃO, com olhar de quem quer o melhor para TODOS NÓS. Chegar a 8000 ( OITO MIL) ACESSOS, não é facil, fazer materias diarias, dedicar meu tempo precioso para informar, NÃO É FACIL, MAS ESTOU FELIZ PELOS 8000 MIL OLHARES > OBRIGADO >

50 ANOS DO GOLPE MILITAR > 31.03.1964

Aos que partiram sem poder dizer adeus.
Na data em que o imaginário popular consagra como o “dia da mentira”, 50 anos atrás era rompida a legalidade democrática instituída no Brasil com a Constituição de 1946. Hoje, a quase totalidade das entidades da sociedade civil (de empresários industriais e rurais, de banqueiros, de grupos religiosos e culturais, da grande imprensa etc.) que conspirou, endossou e promoveu a derrubada do governo democrático de João Goulart (1961-1964) não festejará o golpe civil-militar de 1964. Nestes dias, na grande imprensa brasileira que apoiou o golpe de 1964 (e, por alguns anos, atuou como aparelho ideológico da ditadura militar) – entre eles, os jornais O Globo, O Estado de S. Paulo, Folha de S. Paulo, Jornal do Brasil –, nenhum editorial será publicado para render homenagem à ação dos militares golpistas. (Nem mesmo, a Folha de S. Paulo se atreverá a afirmar, como fez em seu editorial de 17/02/2009, que o regime de 1964 – comparado com as ditaduras da Argentina e do Chile – teria sido uma “ditabranda”…)
Provavelmente, apenas alguns reduzidos setores das Forças Armadas – em especial, os oficiais da reserva –, promoverão, em recintos fechados, encontros para lembrar a “Revolução redentora” de 31 de março de 1964. O fato é que nem mesmo blogueiros porta-vozes da direita civil brasileira – entre eles, alguns jornalistas de VejaO GloboEstadão etc. –, evocarão essa data como o dia em que a democracia brasileira teria sido salva da “corrupção”, da “subversão política” e da “ameaça comunista”.
Pode ser afirmado que na “guerra de narrativas” sobre o significado e a natureza deste crucial evento da história política brasileira, os “vitoriosos de abril”, gradativamente, tornaram-se os “perdedores” da luta ideológica. Hoje, as representações políticas e simbólicas dominantes nos meios editoriais, políticos e culturais consagram que 1964 não foi uma Revolução, mas um movimento golpista; ou seja, 1964 foi (a) um golpe que impediu a ampliação da democracia política brasileira nos anos 1960; (b) um golpe contra as reformas sociais e políticas e (c) um golpe contra a politização dos trabalhadores e o promissor debate de ideias que, de norte a sul, intensamente ocorria do país no pré-1964.
Em síntese, hoje, prevalece a compreensão de que nos “tempos de Goulart as classes dominantes (nacionais e internacionais) e seus aparelhos ideológicos e repressivos” – diante das iniciativas e reivindicações dos trabalhadores (das zonas rurais e urbanas) e de setores das camadas médias –, alardeavam a “subversão da lei e da ordem”, a “quebra da disciplina e hierarquia” dentro das Forças Armadas, a “crise de autoridade” do governo Goulart e, de forma ainda mais dramática, a “comunização do país”. Convenhamos que, por vezes expressas através duma retórica “radical” (“reformas na lei ou na marra”, “forca aos gorilas!” etc.), as reivindicações por mudanças socioeconômicas e as demandas políticas da época visavam, fundamentalmente, o alargamento da democracia política e a realização de reformas no capitalismo brasileiro.
Contra algumas formulações “revisionistas” que, hoje, insinuam “tendências golpistas” por parte do governo João Goulart ou das “esquerdas radicais”, devemos enfatizar que quem planejou, articulou e desencadeou o golpe contra a democracia política foi a alta hierarquia das Forças Armadas – incentivada e respaldada pelo empresariado (industrial, rural, financeiro, grande imprensa e empresas multinacionais) – bem como alguns setores das classes médias brasileiras (entidades e associações femininas católicas, de pequenos comerciantes etc.) Está amplamente documentado que, desde 1961 – antes, pois, da chamada “agitação” ou “subversão” das esquerdas –, alguns desses setores começaram a se organizar política e ideologicamente para inviabilizar o governo João Goulart. A ampla mobilização democrática pelas reformas sociais e políticas, apoiada pelo executivo, teve como efeito a ampliação da conspiração civil-militar e o amadurecimento da decisão dos golpistas de decretar o fim do regime político de 1946.
Destruindo as organizações políticas e reprimindo os movimentos sociais de esquerda e progressistas, o golpe foi saudado pelas associações representativas do conjunto das classes dominantes, pela alta cúpula da Igreja católica, pelos grandes meios de comunicação etc. como uma autêntica “Revolução redentora”. Por sua vez, a administração norte-americana de Lyndon Johnson (1963-1969) – que ficou poupada de fornecer o apoio bélico e logístico aos golpistas –, congratulou-se com os militares e civis brasileiros pela rapidez e eficácia da “ação revolucionária”. Para satisfação do Pentágono, da CIA, da Embaixada norte-americana, das empresas multinacionais e do Vaticano, uma “grandiosa Cuba” ao sul do Equador tinha sido evitada!
Embora fosse visto positivamente pelos trabalhadores, pelas baixas classes médias e suas entidades políticas, o governo João Goulart ruiu como um “castelo de areia”. Dois de seus principais pilares de apoio, como apregoavam os setores nacionalistas, mostraram ser autênticas “peças de ficção”. De um lado, o propalado “dispositivo militar” que seria comandado pelos chamados “generais do povo”; de outro, o chamado “quarto poder” que estaria representado pelo Comando Geral dos Trabalhadores (CGT). A rigor, ambos assistiram, passivamente, a queda inglória de um governo a quem juravam, até 24 horas antes, fidelidade até a morte!
Desorganizadas e fragmentadas, as entidades progressistas e de esquerda – muitas delas subordinadas ou tuteladas pelo governo Goulart – não ofereceram qualquer resistência à quartelada militar. Sabe-se que, às vésperas de abril, algumas lideranças de esquerda afirmavam que os golpistas, caso atrevessem quebrar a ordem constitucional, teriam as “cabeças cortadas”. Mas, como mostraram os “duros fatos da vida”, tudo não passava de uma trágica e cortante metáfora. Com a ação dos “vitoriosos de abril”, a retórica, no entanto, tornou-se, após 1º. de abril, uma cruel realidade para muitos homens e mulheres durante os longos e sombrios 21 anos da ditadura militar.
49 anos depois, nada há, pois, a comemorar. O golpe de 1964 foi um infausto acontecimento, pois implicou efeitos perversos e nefastos ao processo de desenvolvimento econômico, político e cultural do Brasil (que, sabemos, ainda se refletem nos tempos presentes). Decorridos 49 anos do golpe, o conjunto da sociedade brasileira repudia a data; no entanto, os democratas progressistas não podem se contentar com a derrota que os golpistas sofreram no plano ideológico e cultural.
Neste sentido, os progressistas não podem se calar diante da realidade de que o regime democrático vigente no Brasil ainda não fez plena justiça às vítimas da ditadura militar; devem, pois, se empenhar com todas suas forças e inteligência para que a verdade sobre os fatos ocorridos entre 1964 e 1985 seja plenamente conhecida. Tendo em vista que o “direito à justiça” e o “direito à verdade” são condições e pressupostos de um regime democrático, não se pode senão concluir que a democracia política no Brasil contemporâneo não é ainda uma realidade sólida e consistente.
***
Caio Toledo é professor aposentado da Unicamp. Graduado em filosofia pela USP em 1968 e doutor pela UNESP em 1974, atualmente integra o comitê editorial do blog marxismo21. Organizou, entre outros, 1964: visões críticas do golpe – democracia e reformas no populismo. Colabora com o Blog da Boitempo esporadicamente.

domingo, 30 de março de 2014

TORNEIO DE TIRO RAPIDO DO AMAPÁ


Manfred esteve prestigiando hoje, 30.03.2014 o TORNEIO DE TIRO RAPIDO DO AMAPÁ coordenado pela Coronel Palmira Bittencourt, uma das mais expressivas representantes da MULHER AMAPAENSE na Corporação Policia Militar do Amapá.

Em junho completa 25 anos da participação feminina na instituição e realiza o I Congresso Internacional com Mulheres MILITARES do Mundo todo.
PARABÉNS pela sua determinação e competência.

ENCONTRO DO PT EM MACAPÁ TEM DE TUDO, TAPAS, AGRESSÕES E PALAVRAS OBSCENAS

Quem poderia e deveria dar exemplo dentro do PARTIDO DOS TRABALHADORES NO AMAPÁ, não é exemplo para outros filiados.

O encontro realizado no Amapá teve de TUDO, de tapas no Secretario de Segurança, palavrões, empurrões e dano ao patrimonio.

para muitos amapaenses um PARTIDO QUE NÃO É EXEMPLAR SERÁ QUE DEVE PERMANECER NO PODER?

EU NÃO SEI.
Com a palavra os eleitores que votaram nos candidatos do PT.

sábado, 29 de março de 2014

POPULAÇÃO INDIGNADA VAI DAR RESPOSTA NAS URNAS NESTA ELEIÇÃO DE 2014

CAMPANHA EMOCIONANTE DE SOLIDARIEDADE

E DE INDIGNAÇÃO

O Radialista Carlos Lobato faz campanha via radio para conseguir recursos para ajudar um MILITAR que teve o olho lesionado em serviço.

REPUGNANTE

Como disse outro radialista e portador de câncer Cesar Bernardes > é repugnante ver que o SERVIDOR PUBLICO precisa de AJUDA DA POPULAÇÃO para ter um direito constitucional que é a SAUDE.

Chegou a hora da população acordar, para EXIGIR que tenhamos HOSPITAIS COM TECNOLOGIA proporcionando qualidade de vida PARA TODOS.

São inúmeros parlamentares, dentre eles eleitos pela própria corporação da POLICIA MILITAR que sequer fazem um HOSPITAL para Militares E SEQUER CONSEGUEM VERBAS FEDERAIS PARA TRAZEREM TECNOLOGIA DE PONTA AO AMAPÁ.

NÃO É SÓ ESTE MILITAR QUE PRECISA DE AJUDA, e sua família se humilhar para conseguir sua transferência para outro centro mais especializado no sul do País.

EM ABRIL SERÁ FEITO UM BINGO PARA AJUDAR NA COMPRA DE MEDICAMENTOS PARA UMA ADVOGADA COM CANCER.

Seria paradoxal se a advogada não conhecesse a LEI para exigir remédios pelo Estado.
MAS, A DOENÇA NÃO ESPERA.
O CANCER NÃO ESPERA.

E AI,

A MORTE É REAL.
Mas quando atingir a família de gestores do primeiro escalão, como o Prefeito e o Governador, eles sentirão na  própria pele a dor.

E verão o que suas OMISSÕES OCASIONARAM. Verão que no Poder poderiam  criar condições para CUIDAR DA SAUDE DA POPULAÇÃO E DENTRE ELES SEUS FAMILIARES.
PORQUE SAUDE É UM DIREITO DE TODOS, MAS, FICA SOMENTE NO PAPEL, A REALIDADE É OUTRA.



Assaltante preso 13 horas no Bairro do Laguinho


SEGURANÇA PUBLICA INEFICIENTE
ASSALTO  13 HORAS NO BAIRRO DO LAGUINHO

Eram aproximadamente 13 horas e o meu cachorro latia insistentemente, chamei o meu esposo Manfred pra olhar na sacada e ele aos gritos dizia em inglês que (Eu tinha deixado o portão aberto e tinha um homem DENTRO DE CASA.)

DESESPEREI-ME, ele pegou um terçado, o cachorro gritava...

E ele correu atrás do homem que forçou o portão por dentro, abriu o trinco e foi embora correndo pela ponte da Avenida Mãe Luzia.

De repente a policia apareceu, cercaram o cidadão e ele dizia que não tinha nada com isso.
Ao tentar sair da minha residência ele ainda furtou uma BICICLETA QUE ESTAVA COM O PNEU FURADO, forçou o carro, mas não conseguiu abrir.

Tentou pular o muro porque Manfred o avistou e ele FUROU A MÃO EM UNS PEDAÇOS DE VIDRO DO MURO. Muito sangue na minha porta.
RESUMO
FOI PRESO, ESTÁ NO CIOSP DO PACOVAL É MORADOR DO LAGUINHO TEM 39 ANOS E É EX PRESIDIARIO, usuário de DROGAS, morador do bairro, conhece a área, e o MAIS GRAVE > JÁ FOI SOLTO. Responderá apesar do flagrante um termo circunstanciado. PODE   (   )

 ESTÁ NA RUA.

E agora ainda tenho que IR DEPOR PORQUE FUI VITIMA E ELE FOI PRESO EM FLAGRANTE.

FATO

NÃO TINHA POLICIAL DE PLANTÃO
NÃO TINHA DELEGADO PARA OUVIR AS VITIMAS
O AGENTE SE RECUSOU A FAZER O BOLETIM DE OCORRÊNCIA
E QUANDO RETORNEI AS 18 HORAS O INQUÉRITO JÁ ESTAVA FECHADO SEM MEU DEPOIMENTO. E OLHA QUE FUI VITIMA.
PODE  (   )
É ESSE O RETRATO DA SEGURANÇA PUBLICA NO AMAPÁ
PARECE QUE SAI O PROFESSOR MARCOS E EM SEU LUGAR ASSUME O DELEGADO TITO.
VAI TER MUITO TRABALHO.
SÃO POLICIAIS DESCONTENTES, MAL EDUCADOS, SEM INTERESSE EM FAZER SEGURANÇA PUBLICA, E O MAIS GRAVE > TRABALHAR
É PRECISO A POPULAÇÃO LEVA-LOS A CORREGEDORIA.

Esse cidadão é suspeito de outro furto na mesma AVENIDA NAÇÕES UNIDAS ESQUINA DA RUA ELIEZER LEVY.



sexta-feira, 28 de março de 2014

SEGURANÇA PUBLICA NOTA ZERO

SEGURANÇA PUBLICA INEFICIENTE
ASSALTO  13 HORAS NO BAIRRO DO LAGUINHO

Eram aproximadamente 13 horas e o meu cachorro latia insistentemente, chamei o meu esposo Manfred pra olhar na sacada e ele aos gritos dizia em inglês que (Eu tinha deixado o portão aberto e tinha um homem DENTRO DE CASA.)
DESESPEREI-ME, ele pegou um terçado, o cachorro gritava...
E ele correu atrás do homem que forçou o portão por dentro, abriu o trinco e foi embora correndo pela ponte da Avenida Mãe Luzia.
De repente a policia apareceu, cercaram o cidadão e ele dizia que não tinha nada com isso.
Ao tentar sair da minha residência ele ainda furtou uma BICICLETA QUE ESTAVA COM O PNEU FURADO, forçou o carro, mas não conseguiu abrir.
Tentou pular o muro porque Manfred o avistou e ele FUROU A MÃO EM UNS PEDAÇOS DE VIDRO DO MURO. Muito sangue na minha porta.
RESUMO
FOI PRESO, ESTÁ NO CIOSP DO PACOVAL É MORADOR DO LAGUINHO TEM 39 ANOS E É EX PRESIDIARIO, usuário de DROGAS, morador do bairro, conhece a área, e o MAIS GRAVE > JÁ FOI SOLTO. Responderá apesar do flagrante um termo circunstanciado. PODE   (   )
 ESTÁ NA RUA.
E agora ainda tenho que IR DEPOR PORQUE FUI VITIMA E ELE FOI PRESO EM FLAGRANTE.
FATO
NÃO TINHA POLICIAL DE PLANTÃO
NÃO TINHA DELEGADO PARA OUVIR AS VITIMAS
O AGENTE SE RECUSOU A FAZER O BOLETIM DE OCORENCIA
E QUANDO RETORNEI AS 18 HORAS O INQUERITO JÁ ESTAVA FECHADO SEM MEU DEPOIMENTO. E OLHA QUE FUI VITIMA.
PODE  (   )
É ESSE O RETRATO DA SEGURANÇA PUBLICA NO AMAPÁ
PARECE QUE SAI O PROFESSOR MARCOS E EM SEU LUGAR ASSUME O DELEGADO TITO.
VAI TER MUITO TRABALHO.
SÃO POLICIAIS DESCONTENTES, MAL EDUCADOS, SEM INTERESSE EM FAZER SEGURANÇA PUBLICA, E O MAIS GRAVE > TRABALHAR
É PRECISO A POPULAÇÃO LEVA-LOS A CORREGEDORIA.



quinta-feira, 27 de março de 2014

COMICO SE NÃO FOSSE TRAGICO

CURTAS

·        O PERIGO DAS ENTREVISTAS AO VIVO, SEM SEGURANÇA

Seria cômico se não fosse trágico > 

Ao dar uma entrevista ao “vivo” na entrada do Pronto Socorro de Macapá o Diretor foi MOLESTADO EM SEU PENIS por uma Moça doente mental. Ela de maneira descontraída “METEU A MÃO NAQUILO...”

AO VIVO >

 DEVE TER SIDO VISTO POR MILHARES DE TELESPECTADORES.

 EU HEIM.

É preciso que as reportagens sejam feitas em seus locais de trabalho, SE ELE ESTIVESSE SENTADO NA SUA SALA NÃO ACONTECERIA TAL FATO.

Inventam moda todos os dias, tiram autoridades de seus locais de trabalho para darem entrevistas em PRAÇAS, NAS RUAS, COM CHUVA....

EU HEIM.

É PRECISO TER UM DIRETOR DE PRODUÇÃO AO LADO DO REPORTER OU UM ASSESSOR.

NOTA ZERO.



quarta-feira, 26 de março de 2014

CARLOS TORK SERÁ O NOVO DESEMBARGADOR DO AMAPÁ


Apostas em alta, mandingas, banhos de cheiro, orações, rezas, promessas, cartas do tarô e os analistas de plantão inquietos,

CARLOS TORK para MUITOS, GANHA 02 PRESENTES,

 POSSIVELMENTE > SERÁ O NOVO DESEMBARGADOR DO AMAPÁ E O NOVO PRESIDENTE. (Minha SENSIBILIDADE ESPIRITA me diz que a VAGA É DELE> 26.03.2014)

FEIRAS DESORGANIZADAS E PRODUTOS EXOTICOS

Terça feira > DIA DE FEIRA, mas é inconcebível a falta de SENSIBILIDADE DA SECRETARIA CRISTINA ALMEIDA, como Mulher ela deveria ORGANIZAR O VISUAL DA FEIRA > é sujo, um atropelo, produtos acabados, vendidos com produtos frescos, vendedores sujos, enfim a feira para muitos AMAPAENSES DEVERIA RETORNAR AO MERCADO CENTRAL, antes lá se vendia produtos de produtores como as hortaliças dos JAPONESES > SUGESTÃO > A propria secretaria deveria COMPRAR VARIOS PRODUTOS PARA SE FAZER UMA MESA DE DECORAÇÃO NA ENTRADA, infelizmente TEM MULHER QUE NÃO TEM SENSIBILIDADE.

terça-feira, 25 de março de 2014

AIMORÉ BATISTA EM MACAPÁ, IMPERDIVEL.


AIMORÉ PIANOS.

Estaremos em Macapá partir de 28-03-2014, disponibilizando os nossos SERVIÇOS TÉCNICOS EM P I A N O S, RESTAURAÇÃO E AFINAÇÃO.
Somos revendedores das marcas de pianos FRITZ DOBBERT (nacional) e KAWAI (japonês). Verticais ou de cauda; acústicos ou digitais; e, novos e seminovos.

O nosso contato em Macapá é (96) 3223 4409 (Casa da Homeopatia).
Outros contatos: (85) 9972 7779 (Tim) - 8508 1323 (Oi) - aimore.batista@hotmail.com

APOSTAS EM ALTA PARA O DESEMBARGO DO AMAPÁ



As apostas estão em ALTA para que amanha, dia 26.03.2014 realmente não haja estrategia e o nome dos 03 advogados sejam encaminhados ao Governador para a VAGA NO TJAP.


  1. Para alguns analistas de plantão, o advogado CARLOS SANTOS não deveria ficar de fora, foi o MAIS VOTADO PELA CLASSE.
  2. Se o advogado CARLOS TORK  compor a lista triplice, SERÁ O NOVO DESEMBARGADOR DO AMAPÁ.
  3. Mas se ele ficar de fora, A VAGA será de SERGIO FIGUEIRA.

APOSTAS EM ALTA, BENZEDEIRAS, BANHOS DE CHEIRO, CARTAS E TARÔS

NEPOTISMO CRUZADO


Nepotismo cruzado

Continua o NEPOTISMO CRUZADO em varias Secretarias do município de Macapa,

 é só o Ministerio Publico investigar. Dentro de Secretaria do município, VEREADOR COLOCA O FILHO para gerenciar gestão ambiental.

Além de filho de vereador, tem irmã de vereadora, tem namorado de Deputada estadual, tudo trabalhando em cargo de assessoria na Prefeitura de Macapá.

domingo, 23 de março de 2014

EMBAIXADA DE SAMBA CIDADE DE MACAPÁ VAI TER NOME TROCADO..

EMBAIXADA DE SAMBA CIDADE DE MACAPÁ VAI TER NOME TROCADO...

Sidnei Peixinho  que é filho do fundador R. PEIXE não concorda com a mudança de nome da ESCOLA DE SAMBA CIDADE DE MACAPÁ.
Não quer a MUDANÇA, diz que a tradição não pode ser mudada, diz que seu PAI FOI FUNDADOR, o Artista R. PEIXE e que ele deve estar MUITO PUTO LA EM CIMA....

Diz que é para os que querem mudar o nome, colocarem uma MELANCIA NA CABEÇA E SAIREM POR AI.

Diz que vai tomar medidas judiciais, que não aceita a INVASORA que fez a LAMBANÇA de mudar o nome. Que nem vale citar o nome dela.
É do PEIXE É DO R. PEIXE

“COLOCA MERDA QUE QUISER.” Mas, não vão mudar o nome antigo que vai a JUSTIÇA. EU HEIM.
Ele se revolta e...

OPINIÃO DA NECA.

(USA NOME IMPROPRIOS, OBSCENOS.)
NÃO PODE,
Deveria se manifestar EDUCADAMENTE VIA RADIO.




59 ANOS DO DESEMBARGADOR GILBERTO DE PAULA PINHEIRO


UM CABOCO TUCUJU FAZ 59 ANOS
Em > 23.03.2014
Descrição: http://www.jdia.com.br/figuras/ferramentas_imprimir.jpg
Descrição: http://www.jdia.com.br/figuras/ferramentas_enviar.jpg
Descrição: http://www.jdia.com.br/figuras/ferramentas_aumentar.jpg
Descrição: http://www.jdia.com.br/figuras/ferramentas_diminuir.jpg
Desembargador Gilberto de Paula Pinheiro
UM CABOCO TUCUJU

Por: Neca Machado
nmmac@live.com

Aniversario 23 de março de 1955
23/03/1955 – Macapá/AP >Filiação  >Manoel Tavares Pinheiro e Maria José de Paula Pinheiro  

GILBERTO PINHEIRO POR NECA MACHADO

Se existe alguém que ama demasiadamente a Amazônia, ele pode ser denominado de um verdadeiro CABOCO, ele se chama Gilberto de Paula Pinheiro.

Um ilustre amapaense que desbravou fronteiras de um recanto chamado Amazônia, um cidadão desprovido de presunções que sabiamente transpôs fronteiras, não só do conhecimento como da Europa, e aonde vai embevecido por seu amor caboco, defende como um bravo sua raiz.

O Desembargador Gilberto é um desses personagens singulares que encanta quem tem o prazer de conhecê-lo, sabe em uma linguagem plural desvendar encantos e transmiti-los em uma magia para o ouvinte que prima por dividir sua sapiência, jurídica, literária e poética.

Um CABOCO nortista, amazonida e singular que faz das palavras simples, um verdadeiro manancial de poesia, que cita autores famosos entrelaçados com cantos de pássaros, que fita a floresta com olhares de encanto, que viaja em sua simplicidade através da fauna e da flora em uma aquarela impressionista de um recanto só seu.

É mais um ano de existência na vida e na historia de um amante de seu lugar, ontem foi pequeno para os inúmeros amigos do mundo, porque possui amigos no mundo todo.

Um Desembargador que se despe da toga para ser CABOCO, que ama e é amado intensamente, que descobre poesia na lagrima e na saudade, assim é o verdadeiro CABOCO Gilberto de Paula Pinheiro.

Mais velho em sua sabedoria, mais amadurecido na capacidade de nutrir com a seiva da existência seus admiradores.




sábado, 22 de março de 2014

79 ANOS DE FRANCISCO LINO DA SILVA > *22.03.1935


Por > Neca Machado
22.03.2014

Hoje o Amapá REVERENCIA uma de suas mais ilustres Personalidades.

FRANCISCO LINO DA SILVA completa 79 anos de pura sabedoria, nasceu no dia 22 de março de 1935, no Largo dos Inocentes, Berço do Formigueiro com as bênçãos do Padroeiro São José. Filho de Claudio Lino da Silva e Francisca Santana da Silva,

MESTRE LINO é NETO DE MÃE LUZIA, mora na Avenida que homenageia sua Avó, no coração do Bairro do Laguinho entorno do Poço do Mato e faz parte da cultura tucuju
MESTRE LINO é um dos fundadores da Escola de Samba Boêmios do Laguinho onde é reverenciado pela sua importância e pelo amor ao samba a raiz frutificou em sua própria residência que uma de suas filhas é Vice Presidente da instituição.

sexta-feira, 21 de março de 2014

CHEGAMOS A 7.777 VISUALIZAÇÕES > NUMERO MISTICO


ME EMBRIAGANDO DE CULTURA > ASSISTI > LA TRAVIATTA-VERDI


VIAJAR > É SER TESTEMUNHA DOS ENCANTOS DO MUNDO > Principalmente de SUAS CULTURAS > Ontem, foi um MOMENTO SINGULAR > Assisti pela Segunda vez a OPERA VERDI >

A primeira foi na ARGENTINA e ontem no TEATRO DA PAZ, Sai de lá FORTALECIDA > PARABENS A FUNDAÇÃO CARLOS GOMES que deu a BELÉM-PA ESTE PRESENTE.

quarta-feira, 19 de março de 2014

MERCADO PERSA NO CENTRO DE BELEM-PA


Parece CÔMICO se não fosse TRÁGICO,

Em um verdadeiro Mercado Persa no Centro de Belém-PA, tem de tudo, tem até COPIAS DE DOCUMENTOS PESSOAIS para emprestimos bancarios SERVINDO DE PAPEL DE EMBRULHO PARA PRODUTOS COMO > PUPUNHA.

FATOS

Fui comprar umas PUPUNHAS e o cidadão PEGOU NUMA CAIXA NO CHÃO, VARIOS PAPEIS, olhei e vi copias de DOCUMENTOS.
Perguntei > Onde voce pega esses papeis ?

ele disse > NO LIXO (Será que tem CONTAMINAÇÃO ?)

EU HEIM.


19 DE MARÇO> DIA DE SÃO JOSÉ DO AMAPÁ



DIA DE LEMBRAR DE ANTONIO PEREIRA DA COSTA O PORTUGUES QUE ESCULPIU A ESTATUA QUE REPOUSA SOBRE A PEDRA DO GUINDASTE . ESTIVE EM SUA CIDADE EM PORTO-PORTUGAL E ENTREGUEI SUA BIOGRAFIA A SECRETARIA DE CULTURA DE GAIA.Fiz um blog a ele > www.antoniopereiracosta.blogspot.com

terça-feira, 18 de março de 2014

RETRATO DOS PREDIOS DA PREFEITURA DE MACAPÁ- (ZONA NORTE)


Este é o retrato da falta de CONSERVAÇÃO DOS PREDIOS PUBLICOS DA PREFEITURA DE MACAPÁ, muitos estão sem condições de USO > Este é de uma SECRETARIA MUNICIPAL que se localiza na zona norte.

AMAPÁ participa da GREVE NACIONAL DA EDUCAÇÃO


Ano de Eleição para o Sindicato, o atual Presidente não tem simpatia da maioria dos Sindicalizados e deixa a Instituição sem grandes realizações.

sexta-feira, 14 de março de 2014

POESIAS DA NECA MACHADO



SABIÁ
O SABIÁ E A SEMENTE

Por: Neca Machado


Este Sabiá madrugador
Transpôs:
Janelas, portais, mares, e rios,
Voou distante, tão longe.
Quebrou e rompeu desafios.
E com o sol das manhãs,
Desceu na minha janela.
Que visão mais bela
E pueril.

E me trouxe a SEMENTE
Da vida,
Da luz,
Da esperança,
E de uma saudade.

Este SABIÁ,
Que tem cheiro de CIO.
Veio ao som dos batuques,
Com o cheiro das açucenas,
De abril,
Com o embalo das morenas
Com a reza das novenas,
Dos Campos do Laguinho,
Com o cheiro das mangas maduras
Da safra de Dezembro
Sutil.

Este SABIÁ!
Com a cor do sol
Do Equador tropical,
Do Equinócio das águas,
É o SABIÁ do amor,
Desta Nega Fulô.

Sua SEMENTE,
Tem nome de flor,
De desejo,
De cheiro de Mato,
De orvalho molhado,
É sua Nega Fulo.

Sua SEMENTE,
Tem cheiro de CIO,
Provoca arrepio,
É puro desafio.
Excita por assovio.

Sua SEMENTE,
Brota em solo
Floreal,
Juvenil,
Febril.

Sua SEMENTE ama este SABIÁ,
Que lembra do mar,
Das marés,
Das ondas senhoras,
E da mansidão dos igarapés.

Este SABIÁ é Senhor,
Das vontades,
Saudades,
Desejos contidos,
Escondidos,
E seu canto
Deságua,
Entranha,
Desbrava,
Arranha
E passeia na teia
Desta pobre aranha.

E seu grito vem,
Como a Pororoca,
Sem medo,
Destruindo,
Consumindo,
Sorrindo,
E se vai...

E sua SEMENTE,
Sobrevive
A mais este ai.

Sua SEMENTE vive,
Se desnuda,
Desabrocha
Numa fenda da rocha,
Feito um cristal.

Sua SEMENTE,
Resiste, persiste,
Ao tempo,
A saudade,
As lembranças,
A dor,
A desesperança,
E de sua janela
Insiste em brotar.

Sua SEMENTE,
O quer,
Quer sol,
Água,
Orvalho molhado,
Quer seu sorriso encantado,
Quer seus braços estendidos,
Afago de sua mão,
Quer seu cheiro de cio,
Quer somente
Um pedaço do seu coração.

Sua SEMENTE cresce,
Brota viçosa,
Ergue-se pelas manhãs
Preguiçosa.
Torna-se frondosa.
E se estende pelos cantos
Deixando um encanto no ar.
No recanto de uma saudade.
Olhando frestas sobre florestas.
Ergue-se sobre mares,
Lugares,
Busca um caminho,
Um porto seguro,
Neste escuro.
Deste SABIÁ.

Sua SEMENTE,
Banha-se,
Com água de poço, (Poço do Mato)
Revela seus segredos à mãe do rio,
Sente arrepios.
Conhece segredos de uma magia
Lança-se sobre janelas imaginarias,
Em busca de seu SABIÁ.

Sua SEMENTE faz versos,
Mostra reversos
Tem sonhos,
Sente cheiro de saudade
Do seu SABIÁ.

Este SABIÁ
Da cor divinal, celestial,
Angelical,
Tão natural,
Com sabor do açaí, de cupuaçu,
De bacuri...
Tão animal.
Com seu canto irracional.
Que pousa atrevido na minha janela,
No meu sofrimento,
No meu quintal.

Este SABIÁ é gente,
Tem pensamentos,
É generoso,
Doce,
Torna-se degustativo.

E sua SEMENTE
Tem incertezas,
Lamenta,
E faz sonetos,
Nas entrelinhas
Ponteia
Norteia,
Vagueia,
E fita seus olhos de mel,
Contemplativos,
No seu SABIÁ.
Que entre janelas ao vento,
Portais e murais,
Lagos, florestas e igarapés,
Teima em voar.

E sua SEMENTE,
Se cobre
De lagrimas,
De mantos de santos,
De encantos
E desejos,
Viajando em canções
Que a fazem lembrar do seu SABIÁ. (lê, lê, lê.........)

E sua SEMENTE
Viaja
Devagarzinho
Por um mar acima, e um mar abaixo,
Como um menino, menina...
Que abriu os olhos
Pelas frestas de uma janela
Esperando um presente de Natal.


E este SABIÁ
Viajante,
Andante
Errante,
Torna-se distante,
Do seu penar.

Mas na seiva desta SEMENTE
Que insiste
Em sobreviver
Em plagas tucujus,
Sua imagem a faz florir.
Crescer,
E fazer
Novas sementes
Para este amor
Se eternizar.

Sem amarras,
Mordaças,
“Então tá SABIÁ!”

E da minha janela,
Eu vi Bem-te vis,...uirapurus...
Vi chuva de inverno
Imaginei janelas ao vento
E quase cheguei ao céu.

Não fui leviana
Somente insana.
Buscando uma canção
Pra me confortar.

“Então ta SABIÁ”, (lê, lê, lêlê........)
ESTE CANTO FICOU SOMENTE NO PAPEL.

Com a bela lembrança de um SABIÁ.


14 DE MARÇO > DIA NACIONAL DA POESIA > EU FAÇO POESIA


TRIBUTO A IZABEL MACHADO
*20 julho 1923 PA- Breves (Minha Mãe) + 23 julho de 1997-AP
Isa, Isa, Izabel Bela…
Vindo de longe, de uma Ilha (paraense)
Quituteira era ela.
Izabel, Isa, Isa, Isa, Bela…
A mais bela do Igarapé das Mulheres
Com olhos de mel,
Com cheiro de terra
Barro aos seus pés,
Isa do barro, para a Terra.
Na terra fértil
Fertilizou
Se fincou.
Mãos calejadas pela labuta.
Isa mais bela, mulher tornou-se.
Mulher na fibra,
Mulher na raça,
Isa, Isa, Isa, bela…
Beleza só a dela,
Mãe, Pai, tudo era ela…
Energia
Que não se sabe,
De onde vinha e de onde tirou.
Porém, na raça,
Permanecia,
Suor e sangue brotou.
MINHA MÃE!
Meu néctar, minha seiva,
Minha selva, minha mina,
Eu era sua menina.
E Boneca,
Depois só NECA,
Me chamou,
E eu a contemplava,
Com admiração e respeito,
Herdei seus olhos,
Olhar de mel,
Sem fel…
E ela foi abelha rainha,
E seu olhar era profundo.
Oh! Isa, Isa, Bela
Minha Isa, minha sina
E eu sua menina.
Sua boneca, NECA…
Sino dos Anjos,
Aos meus ouvidos
Me ensinando
Os primeiros passos,
Me protegendo
Sob seus braços…
Minha guardiã, minha heroína.
Minha protetora,
Só era ela, Isa, Isa, Isa Bela…
Isa hoje está no mármore.
Seu mármore é belo,
 E a conserva
No seu pensar,
Nas atitudes,
Sigo tua sina, o teu exemplo,
De perseverança e determinação
De uma mulher mais bela.
Minha Isa, Isa, Bela…
Isa de estrelas,
Isa do Sol,
Isa sofrida,
Isa suor,
Isa esperança,
Isa paixão.
Oh Senhor!
Eu te pedi uma MÃE,
E tu me deste uma MINA,
Senhor eu te pedi uma mão,
E tu me deste uma Guia.
Senhor eu só queria um colo,
E tu Senhor das estrelas…
Me deste uma constelação.
Senhor ela era bela…
Minha Isa, Isa, Bela…
Mas do que Isa, Senhor.
Ela era bela,
Mas do que Isa, bela,
Era um coração só.
Senhor jamais pensei em lhe perder.
Porem, chorei,
Quando sofria
Em fria cama
Sem me fitar.
Porem suas lagrimas
Quando rolavam
Eu compreendia e sabia
Que tu falavas no meu penar.
E meu peito ardia e se apertava,
Oh! MINHA MAE.
Isa, Isa, Isabel Bela
Minha Isa bela.
Pássaro solto
Na plenitude
Na imensidão
Hoje estas livre
Sem solidão, sem dor.
E voas alto, e nas estrelas
És a mais bela…
MINHA MAE,
Minha Isa, Isa, Isabel bela…
Minha Mãe serena,
Minha mão guia,
Minha esperança,
E teu sorriso soa no ar.
Es tu somente a mais bela, minha Isa
Isa, Isa, Isabel bela…
Oh! Senhor
Eu só te pedi uma MAE.
E tu reuniste em uma única mulher.
Todas as virtudes do universo.
Quão gotas de orvalho num paraíso.
Senhor!
Eu só queria uma Mãe.
E tu Senhor, me destes uma MINA,
E te perguntei baixinho entre soluços:
Senhor, o que faço para ser merecedora dessa dádiva?
Senhor será que mereci essa mulher em minha vida?
Senhor te peço piedade.
Pelos meus erros,
Pelos meus pecados,
Senhor não sou merecedora
Dos teus caprichos.
Porem gritarei ao mundo
Que fui contemplada por ti,
Por ser filha dessa nobre mulher
Chamada Isa, Isa, Isa Bela…
ISABEL MACHADO
MINHA MÃE!
Poema dedicado a Isabel Machado, publicado no Jornal Diário do Amapá no dia das Mães em 13 de maio de 2001.