rio

rio

segunda-feira, 31 de agosto de 2015

CABEÇA DE BURRO > (VAI PERDER DINHEIRO)




SUGESTÃO QUE ESCUTEI DE UM CABOCO
Marqueteiro deveria PESQUISAR determinados lugares para investir > em Macapá tem LUGAR QUE FOI ENTERRADA UMA CABEÇA DE BURRO > NADA DÁ CERTO. 

TEM LUGAR QUE JÁ FOI TUDO 

DE IGREJA A ESCOLA.....
Mais um investimento que não vai dar certo. Já tem propaganda na TV.

domingo, 30 de agosto de 2015

MERCADO DE PEIXE DE MACAPÁ NÃO CONSERVA OS PRODUTOS, NÃO TEM GELO E MOSC...

LUAR NO MEIO DO MUNDO > 29.08.2015-AMAPÁ . foto > NECA MACHADO






É PRECISO SE INFORMAR....

CURTAS

1.    RE INVENTANDO A RODA >
2.     É preciso que QUEM se propõe a defender determinada causa QUE ESTUDE, QUE PESQUISE, QUE SE INFORME para não servir de critica as pessoas que detém o conhecimento cientifico.
3.    Quando se fala sobre MEIO AMBIENTE é preciso conhecer as LEIS, LEI É NORMA, se é norma é obrigatória, e tem LEI para tudo.
4.    Resíduo Sólido TEM LEI, tem prazo, tem SANÇÃO.
5.    Se o gestor NÃO FAZ, o problema é outro. Punição PELOS ÓRGÃO DE CONTROLE EXTERNO QUE TAMBÉM EXISTEM. NO AMAPÁ que faz parte do Brasil e muita gente esquece.
6.    Cada gestor quer municipal ou Estadual precisa RESPEITAR E CUMPRIR A LEI DE RESPONSABILIDADE FISCAL.
7.    O QUE EXISTE É O NÃO CUMPRIMENTO, a falta de eficácia e seriedade.
8.    Infelizmente NÃO RESPEITAM AS LEIS.
9.    POLUIÇÃO VISUAL> tem empresário cobrindo a rua, cobrindo calçada...
10. Tem invasor no meio da rua, sobre o canal....JOGANDO FEZES NO MEIO DA RUA....
11. Tem morador que faz CERCA de cimento nas calçadas….
12. Não existe padronização de LIXEIRAS DOMESTICAS.
13. TEM ATÉ LIXEIRA DECORADA DE CIMENTO NO MEIO DA RUA.
14. ENTAO é BAGUNÇA GERAL.


Se EU for elencar aqui os PROBLEMAS DA CIDADE, vou ter que ser contratada como FISCAL DA PREFEITURA.
O PROBLEMA É QUE O PREFEITO FAZ QUE NÃO VÊ, e ai, perto da eleição, coloca asfalto de má qualidade, limpa rua, coloca remédio nas UBS, faz COMICIO, PAGA PROPAGANDA...

E AINDA TEM IDIOTA QUE VAI REELEGE-LO. É PAGAR PARA VER.


sexta-feira, 28 de agosto de 2015

ARTIGO - NECA MACHADO

A EDUCAÇÃO DAS RUAS
ELO ENTRE O DESENVOLVER E O SUICIDAR-SE.

Por > Neca Machado (Especialista em Educação Profissional, Administradora Geral, Licenciada Plena em Pedagogia, Jornalista Colaboradora, Artista Plástica em Impressionismo e Abstrato, Quituteira e Bacharel em Direito Ambiental)

O escritor e Psiquiatra Içami Tiba traduziu uma marca de uma educação nacional contestada por muitos de que QUEM AMA, EDUCA.
O AMOR não tem forma, nem formula, nem uma definição única, ele se traduz em somas de emoções, disciplinas, entendimentos e na complexidade dos conceitos que são singulares e subjetivos. SER MÃE para muitos é proteger, superproteger, afagar, controlar.... Mas a RUA EDUCA SIM. (Neca Machado)
Quantas vezes a maternidade nutre e separa.(?)

SUICÍDIO segundo conceituação cientifica:
Suicídio ou autocídio (do latim, sui, ou do grego autos: "próprio"; e do latim caedere ou cidium: "matar") é o ato intencional de matar a si mesmo. Sua causa mais comum é um transtorno mental e/ou psicológico que pode incluir depressão, transtorno bipolar,esquizofrenia, alcoolismo e abuso de drogas. Dificuldades financeiras e/ou emocionais também desempenham um fator significativo. Além da consideração nefasta do suicídio, há também avaliações positivas, sendo visto como uma vontade legítima ou um dever moral .

A RUA QUANDO EDUCA, mata.
Mata por DESEDUCAR.

Mata por não nutrir de caráter educativo quando alguém se nutre dessa educação nociva de LIBERDADE precoce, liberdade libertadora, liberdade sem limites.
E aí vem o suicidar-se sem causa, sem noção, sem motivo aparente. São as DROGAS licitas (álcool, cigarro, remédios...) e as ILÍCITAS (substancias psicoativas) Danosas e criminosas que MATAM qualquer um, sem idade, sem gênero, sem classe social, sedução para quem nunca experimentou, sedução no primeiro experimentar, sedução por pura sedução, até a DEPENDÊNCIA TOTAL.

A RUA EDUCA (Neca Machado)

Mas o acordar depois da RUA é transformador, desnorteador com seus problemas enigmáticos.
E agora? A quem recorrer? Se o Estado se exime sem políticas públicas no sistema de saúde sem condições, sem investimentos, sem tecnologia para DESINTOXICAÇÃO, proliferam clinicas milagrosas que nada tem de Milagres, e o SUICIDA NÃO MORRE SÓ.
Leva com ele a família toda.
Que precisa ficar vigilante para o proteger.
Mas, o mais grave é observarmos que dados estatísticos comprovam que as classes médias e alta estão infestadas de dependentes químicos e que autoridades que detém o poder quando possuem um familiar dependente químico ESCONDEM seus problemas quando poderiam transformar suas dores em soluções, elaborar LEIS mais eficazes para punir o traficante, não proporcionando a estes o direito de liberdade, confiscando de imediato seus bens para construção de centros de desintoxicação
Infelizmente AS RUAS CONTINUARÃO A EDUCAR. DESEDUCANDO.
MATANDO JOVENS EM PLENA CAPACIDADE PRODUTIVA, E MATANDO FAMILIAS.

“QUEM AMA EDUCA” ( Içami Tiba)

“A RUA TAMBÉM EDUCA E MATA” ( Neca Machado)






NECA MACHADO VALORIZA DONA DIDI PIONEIRA DO AMAPÁ EM SEUS 87 ANOS NO PRO...

ENGENHEIRO LOURIVAL DIAS FAZ HOMENAGENS A SUA MÃE DONA DIDI QUE COMPLETA...

DONA DIDI CHEGA AOS 87 ANOS > NASCEU EM 28.08.1928



UM BOLO FEITO COM AMOR PARA TIA MIMI > PRODUÇÃO NECA MACHADO (27.08.2015)



NECA MACHADO VALORIZA PIONEIROS DO AMAPÁ EM SEU PROJETO MEMORIA VIVA, SE...

VERDADEIRAS MULHERES PIONEIRAS DO AMAPÁ, CIRURGIÂ DENTISTA IZABEL AVILA

NO ANIVERSARIO DE TIA MIMI, LEMBRANÇAS DE SEU FILHO PAULÃO ATRAVES DE SE...

TIA MIMI NOS ORGULHA AO COMPLETAR 78 ANOS DE PIONEIRISMO TUCUJU

NECA MACHADO VISITA TIA MIMI NO DIA DE SEU ANIVERSARIO DE 78 ANOS, 27 08...

quinta-feira, 27 de agosto de 2015

FELICIDADES DONA MIMI


27.08

UM POEMA PARA A QUERIDA PIONEIRA DONA MIMI
Por> Neca Machado

(EU SEI QUE DONA MIMI GOSTA DE MIM)

Hoje é teu aniversario, o presente maior VOCE ganhou de DEUS, está aqui.

E receba este carinho que te dedico.

Macapá hoje, 27.08 deveria soltar fogos pelo teu aniversario de existência porque VOCE DONA MIMI é mais que uma referência as futuras gerações tucujus.



VOCE é alicerce sereno
E com teu jeito moreno
Nos seduz,
Nos encanta com tua simplicidade
E nos fortalece com tua sagacidade motriz.
É semente pueril
Neste solo varonil
Onde o som do ATABAQUE DO PAULÃO
Jamais será esquecido.
E ele lá do alto sorridente, com seu jeito inocente
Repete sobre as nuvens luzentes.
FELICIDADES MINHA MÃE.


FELICIDADES MIMI
MÃE, segunda Mãe de filhos teus
E dos outros.
Deixa EU me incluir como uma filha distante
Que nunca deixou de te amar.
E que neste singelo momento
Quero com ESTE POEMA TE ABRAÇAR.

PARABENS MIL POR SER ESTA GRANDE HONRA PARA O AMAPÁ.
VERDADEIRA MULHER PIONEIRA DO AMAPÁ.












REPRODUÇÃO (JORNALISTA EUCLIDES MORAES)

O jornalista Emanoel Reis lamenta a decisão do político amapaense ao processá-lo por danos morais

Reportagem: Euclides Moraes

O senador Randolfe Rodrigues (PSOL-AP) está processando o portal FOLHA DO ESTADO, dirigido pelo jornalista Emanoel Reis, 54 anos de idade, 33 de profissão, por “danos morais c/c com efeitos da tutela antecipada” resultantes, segundo afirma por meio de sua assessoria jurídica em Macapá (AP), de matérias veiculadas em julho passado com os títulos “Assiduidade de senadores do Amapá é questionada em levantamento” e “Senadores do Amapá já acumulam no ano 10 faltas, diz levantamento”. Segundo o parlamentar, as duas postagens “são notícias falsas” porque afirmam que ele teria faltado a “dez sessões no Senado Federal” enquanto, conforme alega em juízo, teria faltado a somente uma sessão, no dia 25 de junho, “(...) em razão da visita do ministro da Cultura no Estado do Amapá”.
De acordo com o jornalista Emanoel Reis, o senador Randolfe Rodrigues está equivocado. “Jamais afirmei ter ele faltado a dez sessões”, assinala. Segundo Reis, os dois textos foram construídos com informações obtidas na reportagem de autoria da jornalista Sara Resende, elaborada com base em levantamento exclusivo realizado pelo prestigiadíssimo portal político Congresso em Foco (http://congressoemfoco.uol.com.br/noticias/as-faltas-dos-senadores-no-primeiro-semestre-de-2015/), e veiculados em julho de 2015. No gráfico que compõe a matéria jornalística, a soma das faltas dos três senadores do Amapá totalizam dez. João Capiberibe (PSB) aparece com duas faltas justificadas e duas injustificadas. Davi Alcolumbre (DEM) desponta com quatro faltas injustificadas. E Randolfe Rodrigues (PSOL) com uma falta justificada e uma falta injustificada.
“Creio que o senador mirou no alvo errado. Quem sabe por eu ser alvo fácil de ser atingido, o mais vulnerável. O galho fraco, digamos assim. Inclusive, vejo essa ação com muita estranheza. Principalmente porque o autor é um político da esquerda que eu admirava muito e em quem votei para o Senado nas eleições de 2010. No frigir dos ovos, o processado, nesta questão específica, deveria ser o Congresso em Foco e não eu”, comenta o jornalista. A ação de indenização por danos morais c/c com efeitos de tutela antecipada foi impetrada por Randolfe Rodrigues por meio de sua advogada, Cristiane Nunes da Silva, e começou a tramitar na 6ª Vara Cível e de Fazenda Pública de Macapá, sob a tutela do juiz Paulo César do Vale Madeira.
Emanoel Reis é natural de Belém do Pará, mas, há 15 anos reside no Estado do Amapá. No entanto, esta relação vem de outros tempos. “Na verdade, pisei pela primeira vez em terras tucujus no dia 24 de junho de 1980. Eu só tinha 20 anos. Viajei para o Território Federal do Amapá atrás de uma mulher. Minha primeira mulher. Foi uma viagem duríssima. Passei dois dias e duas noites a bordo do barco a motor 'São Benedito'. Mas valeu a pena”, recorda.
Como profissional, já trabalhou nos principais veículos de Comunicação do Norte e Nordeste, entre jornais, revistas, emissoras de rádio e televisão, e agências de publicidade. Atualmente, dirige uma pequena editora e agência de publicidade localizada no Centro de Macapá. “Passei quatro anos prestando serviço para o governo Camilo Capiberibe [PSB], editando o jornal FOLHA DO ESTADO. Era um semanário de 16 páginas, com capa e contracapa em policromia. Eu fazia tudo. Reportava, fotografava, escrevia, editava, diagramava e ainda distribuía nas bancas de revista e panificadoras. Em novembro, o próprio Camilo, por meio do Azolfo Gemaque [ex-secretário de Estado da Administração], determinou que o jornal fosse retirado de circulação. Então, parceiro, fiquei igual à música do Canastra, 'Ao Deus-dará'”.
Conforme o jornalista, Randolfe Rodrigues o constrangeu ao acusá-lo de falsear informações sem conceder-lhe nenhuma defesa. “O levantamento, exclusivo do Congresso em Foco, foi feito com base nos registros oficiais de frequência publicados pelo Diário do Senado, e revela quais foram os senadores que menos assinaram a lista de presença. Logo, que crime cometi ao reproduzir informações de domínio público?”
Para Emanoel Reis, Randolfe Rodrigues deixa entrever que o objetivo da ação é puni-lo com os rigores da lei para servir de exemplo caso outros jornalistas queiram criticá-lo. “Vejo dessa forma. Nem João Capiberibe ou Davi Alcolumbre foram, assim, tão implacáveis. Somente o psolista Rodrigues, justamente de quem jamais esperava medidas tão controversas”, assinala. Reis comenta, ainda, que o senador poderia ter usado seu legítimo direito de resposta em, sentindo-se ofendido, requisitar mesmo espaço no veículo em questão.
Ao contrário, tratou de processar o portal, avalizando penalidade duríssima para punir um desafeto que sequer existia. “Quando postei a primeira matéria (“Assiduidade de senadores do Amapá é questionada em levantamento”), recebi um telefonema do publicitário Sérgio Santos, assessor do senador João Capiberibe, questionando as informações contidas na postagem. Eu disse: Sérgio, eu apenas fiz um resumo do material publicado no Congresso em Foco, direcionando-o para o Amapá. Então, ele retrucou: Mas o senador não gostou da abordagem. O que digo a ele? Respondi: Tudo bem. Diga que vou retirar a postagem.”
Conforme havia acordado com o assessor, no dia seguinte Reis retirou o conteúdo do portal FOLHA DO ESTADO, substituindo-o por outra matéria política. Contudo, no dia seguinte, o Congresso em Foco voltou à carga, na ocasião divulgando as faltas de todos os senadores da República, dentre os quais Capiberibe, Alcolumbre e Rodrigues.”Considerei a informação relevante para os meus internautas e para o cidadão amapaense. Para mim, não interesse se um parlamentar falta ao trabalho uma ou cem vezes. Falta é falta. Se um simples trabalhador faltar ao serviço ele é advertido, punido com suspensão ou é demitido. Então, por que um parlamentar fica tão suscetível quando é cobrado? Afinal, nós pagamos o salário dele. Por outro lado, é verdade que todo político tem suas atividades extraparlamentares. Eu sei porque já trabalhei com vários deles. Mas, meu enfoque foi somente nas faltas contabilizadas pelo Congresso em Foco. Não tive a intenção de macular a imagem de ninguém”, ressalta.
No entender do jornalista, a ação judicial movida contra ele e contra o portal FOLHA DO ESTADO também atinge, mesmo que de forma indireta, a credibilidade do Congresso em Foco. “O senador afirma na peça processual que só faltou uma vez. Porém, as estatísticas do portal político, construídas com base nas informações do Diário do Senado, mostram que ele teve duas faltas, uma justificada e a outra injustificada. Ora, eu reputo o Congresso em Foco como um dos mais conceituados da área. Com elevado grau de credibilidade. Se o senador estiver certo, a credibilidade do Congresso em Foco cai por terra”, destaca.
Atualmente, Emanoel Reis, que também é designer gráfico e redator publicitário, vem desempenhando a função de corretor. “É uma espécie de prospecção de negócios. Eu saio às ruas para vender os meus serviços junto ás empresas de Macapá. Não tem sido fácil. A maioria está quebrada. É tanto empresário lamuriando que dá até pena. Então, meu amigo, é percebível que meu empreendimento não vai nada bem”. Diante do exposto, e das circunstâncias atuais adversas, como pretende se defender contra o processo de Randolfe Rodrigues? “Tenho 15 dias para conseguir um advogado. Então, 'como estou mais duro que beira de sino', vou recorrer à Defensoria Pública. Espero que dê c

quarta-feira, 26 de agosto de 2015

BRIGA DE GENTE GRANDE (VALE A REPRODUÇÃO)

Nota de esclarecimento do TJAP


REPRODUÇÃO (AC) em 26 de agosto de 2015
Em razão das manchetes espetaculosas estampadas nas edições de hoje (26.08.2015) na “A Gazeta” e no “Jornal do Dia”, venho, por dever de ofício, prestar os seguintes esclarecimentos à sociedade:
A denúncia proposta por Afonso Ismael Alves Bentes de Sá ao Ministério Público Federal (MPF), hoje noticiada em veículos de comunicação local, faz parte de uma intensa massificação de conteúdo calunioso em face da Presidente do Tribunal de Justiça do Amapá, Desembargadora Sueli Pini, visando confundir a opinião pública por meio da censurável subversão dos fatos.
As notícias hoje veiculadas são as mesmas objeto de Nota Pública de há muito emitida pelo Ministério Público do Estado do Amapá, esclarecendo ter sido aquele órgão procurado espontaneamente pelo senhor Afonso Ismael Alves Bentes de Sá, em 11 de julho de 2013, oportunidade em que este prestou depoimento denunciando um suposto esquema de venda de decisões judiciais.
Diante das gravíssimas denúncias apresentadas por Afonso Ismael Alves Bentes de Sá, o MP-AP encaminhou o depoimento para a Procuradoria-Geral da República (PGR), que está investigando as acusações por meio do Inquérito nº 1048, em curso no Superior Tribunal de Justiça (STJ), que também são objeto da Reclamação Disciplinar nº 0002117-66.2015.2.00.0000, em trâmite no Conselho Nacional de Justiça.
Impõe-se esclarecer, ainda, que esta magistrada já tomou as medidas judiciais cabíveis em desfavor do senhor Afonso Ismael Alves Bentes de Sá, que, inclusive, responde pelo crime de denunciação caluniosa (art. 339, do CP) nos autos da Ação Penal nº 0033227-95.2015.8.03.001, que tramita na 2ª Vara Criminal da Comarca de Macapá.
O Desembargador Constantino Brahuna está afastado das funções do cargo, como é de conhecimento público, sob acusação de vazar informações de processos sigilosos em curso no Tribunal de Justiça do Estado do Amapá, interferir na atuação de magistrados, adotar medidas de retaliação a juízas substitutas e editar atos que poderiam dificultar investigações em curso no Tribunal, nos termos de decisão proferida nos autos da Reclamação Disciplinar nº 0002256-52.2014.2.00.0000, em trâmite no CNJ, que corre em segredo de justiça.
Esses fatos apurados na esfera administrativa pelo CNJ tiveram desdobramento na esfera criminal, tendo a Corte Especial do Superior Tribunal de Justiça (STJ), em julgamento ocorrido na última quinta-feira, dia 19, aceitado a denúncia do Ministério Público Federal (MPF) contra o Desembargador Constantino Brahuna, afastando-o do cargo por mais um ano.
Portanto, o afastamento do Desembargador Constantino Brahuna, cujo retorno ao cargo foi negado duas vezes pelo Supremo Tribunal Federal (STF), ocorreu em razão dos fatos que estão sendo apurados na RD nº 0002256-52.2014.2.00.0000, em trâmite no CNJ e, agora, também em razão de decisão proferida na Ação Penal Pública nº 812/DF, que não guardam nenhuma conexão, nem mesmo a mais longínqua distância, com as acusações feitas pelo delator Afonso Ismael Alves Bentes de Sá, que, mais uma vez e lamentavelmente, foram veiculadas sem observância da regra de ouro do jornalismo de também ouvir previamente a outra parte
-Macapá, 26 de agosto de 2015

EM OUTUBRO DE 2014 EM MACAPÁ, CHIMBINHA SE RECUSOU A BATER FOTO JUNTO COM JOELMA, EU PEDI E ELE NÃO ACEITOU


JOELMA E CHIMBINHA JÁ ESTAVAM SEPARADOS EM OUTUBRO DE 2014

Por > Neca Machado (Amapá)

No dia 06 de outubro de 2014 estive no aeroporto de Macapá para deixar um familiar que ia viajar e encontrei integrantes da BANDA CALYPSO que tinha feito um show na cidade de Macapá no dia anterior.

Logo chegou a cantora JOELMA, sem maquiagem, com ar de simplicidade e que passou desapercebida pela maioria das pessoas que estavam la, quando observei que era ela, pedi uma foto com meu esposo e ela foi solicita, e logo avistei CHIMBINHA, fui até ele e pedi que fizesse uma foto com ela junto.


PARA MINHA SURPRESA, ELE SE RECUSOU.
EU NÃO ENTENDI NADA.
APENAS EXCLAMEI > ELE É MUITO ARROGANTE. E COLOQUEI NO MEU BLOG.
ELES JÁ ESTAVAM SEPARADOS.


69 ANOS DA SOCIEDADE ESPORTIVA E RECREATIVA SÃO JOSÉ > *26.08.2015


26.08.2015
*69 ANOS DA SOCIEDADE ESPORTIVA E RECREATIVA SÃO JOSÉ

Por > Neca Machado (Jornalista Colaboradora, Bacharel em Direito e Especialista em Educação Profissional)

“Sociedade Esportiva e Recreativa São José. O clube foi fundado por Messias do Espirito Santo, um Oficial de Justiça do Fórum de Macapá, dentre seus fundadores, com objetivo de participar oficialmente do esporte regional.”

SEM HOMENAGENS.

Sou AMAPAENSE nascida no Poço do Mato, fundadora do Memorial que leva o mesmo nome.

Hoje acordei e NÃO escutei o som de fogos para homenagear os 69 anos da Sociedade Esportiva e Recreativa São José.

Não escutei o som dos autos falantes do carro de publicidade do Edvar Mota noticiando o aniversário do clube que está se encaminhando para seu centenário.
Nem vi as luzes serem acendidas por lampiões do ZÉ DA LINA.
Não escutei o assovio do Negro PSIU dizendo que haveria festa no Bairro.
NEM a notícia de primeira hora do JOÃO DO BALÚ.
Não senti o cheiro do Tucupi com alfavaca e chicória da Tia Joana preparando um saboroso tacacá para a festa.
Não tem o Açaí do Ramiro,
Não tem o Batuque do Mestre Bolão
Não tem o ar de leveza do Caiá.
Nem o rodopio das saias de Tia Chiquinha se preparando para dançar, ao lado de TIA VENINA.
Nem tem CROQUETES DE PÃO DE TIA IZABEL para comemorar,
Nem tem bancos de madeiras feitos por Mestre Paulo para Sentar,
Nem tem o sorriso de ironia do RATO para ladrões afugentar.
Nem tem as garrafadas de Mestre SACACA para brindar a saúde de novos jogadores.
NEM as rezas de Dona Antonina para o clube ganhar.
Nem o Bar do Pedro da Lina para comemorar.
Nem tem seu LALÚ, CANDIRÚ, MORCEGO, para contar causos ao ar livre,
Nem tem praça do Azevedo Costa,
Nem agua de POÇO DO MATO para beber mais, só fossa no meio da rua.
Nem tem TIA MACICA,
SEU AVULÚ
DONA TEREZA,
SEU GUILHERME LOURENÇO
TUPINAMBÁ.
Seu BARATA, MESTRE OSCAR.
NEM DELEGADO TEOBALDO para prender quem desarrumar.
NEM MEDICO LEONAI GARCIA PARA RECLAMAR.


NEM TEM MOTIVO PARA COMEMORAR.


O atual Prefeito de Macapá (2015) diz que o povo está no poder.
Mas se EU ESTIVESSE NO PODER.
COLOCAVA OUTDOOR PELAS ESQUINAS DO BAIRRO DO LAGUINHO COM O NOME DE TODOS OS PRESIDENTES QUE PASSARAM PELO SÃO JOSÉ.
Para que as novas gerações lembrassem de SUA IMPORANCIA, NESSES 69 ANOS DE HISTORIA E MUITAS GLORIAS.

Mas EU FIZ UM BOLO SIMBOLICO para comemorar seus 69 anos.







VERDADEIRO SABOR DO MEIO DO MUNDO COM NECA MACHADO

NECA MACHADO CANTA NOS PASSA A VIDA

COBRA ENGOLINDO CALANGO EM TERRAS TUCUJUS.

CURTAS

1.    Preocupação de alguns Parlamentares com fiscalização de assessoria pelo MP, ainda não aprenderam que dinheiro público, não é privado para pagamento de empregados particulares. Indiciamento e cadeia é o que quer a população. Bem feito.

2.    Parlamentar que mal chegou já começa a ser olhado com olhos de Jacaré por outros mais velhos. Hum. Vai ser engolido.

3.    Delegado afastado Ericlaudio com baita de uma dor de cabeça. Não pagou contribuição do Partido (PRB) e havia processo contra ele, foi expulso.

4.    Por aqui é COBRA engolindo Calango.

5.    Continua o desligamento toda tarde no bairro do Laguinho, mas, não ia acabar o racionamento? SEI LÁ.

6.    Tem tanto assessor FICHA SUJA que o esgoto é pouco disse um caboco, de Pedófilo a Ladrão. Tenho que rir. Pra não chorar.

7.    A COISA TÁ PRETA EM TERRAS TUCUJUS >

Você vai numa loja ela tá fechada, noutra, só Moscas, em outra, a metade da loja sumiu. Procura um vendedor que lhe atendeu com eficiência, já foi mandado embora. E filho não quer escutar > Emprego privado não é segurança.

8.    Libélula é pouco, tem gente que não pode ficar fora do holofote.

9.    Expo feira 2015 vem ai.

10.  Elaine Juarez realmente sabe se vestir para trabalhar. NOTA 10.





terça-feira, 25 de agosto de 2015

COMEÇAM OS DEFERIMENTOS PARA O PROCESSO DE TRANSPOSIÇÃO DE SERVIDORES DO AMAPÁ PARA A UNIÃO


MAS TAMBÉM HÁ INDEFERIMENTOS.


NECA MACHADO VENDE UM SITIO NO CORAÇÃO DE MACAPÁ 25 X 60 METROS 3

NECA MACHADO VENDE UM SITIO NO CORAÇÃO DE MACAPÁ 25 X 60 METROS 5

NECA MACHADO VENDE UM PARAISO NO CORAÇÃO DE MACAPÁ 25 X 60 METROS

NECA MACHADO VENDE UM PARAISO NO CORAÇÃO DE MACAPÁ 25 X 60 METROS

NECA MACHADO VENDE SEU SITIO NO CORAÇÃO DE MACAPÁ COM 1200M², PREÇO A CO...

NECA MACHADO VENDE UM PARAISO NO CORAÇÃO DE MACAPÁ, 1200 METROS DE AREA ...

NECA MACHADO VENDE UM SITIO NO CORAÇÃO DE MACAPÁ 25 X 60 METROS 3

segunda-feira, 24 de agosto de 2015

CAMUSQUINS A MODA DA NECA MACHADO, AVIÚ E CAMARÃO ROSA



PINTARAM A ORLA DE MACAPÁ, DESTRUIDA E SEM MANUTENÇÃO PARA O TURISTA CRI...

PIONEIRA OFIZA MOSTRA A REALIDADE DA PREFEITURA DE MACAPÁ, SEGUNDO ELA U...

NECA MACHADO FUNDADORA DO MEMORIAL POÇO DO MATO AMAPÁ

NECA MACHADO PROBLEMAS AMBIENTAIS NO AMAPÁ ARVORES SEM MANUTENÇÃO AME...

DESTRUIÇÃO DA ORLA DE MACAPÁ JÁ ATINGE O PASSEIO PUBLICO

NECA MACHADO ANDA POR RAMAIS DE MACAPÁ E ENCONTRA URUBUS NA RECEPÇÃO, LI...

CANAL VIRTUAL DA NECA MACHADO 23 06 2015 UMA FOSSA NO CORAÇÃO DE MACAPÁ

NECA MACHADO E UMA REALIDADE QUE AS AUTORIDADES NÃO QUEREM MOSTRAR, OU I...

DESTRUIÇÃO DA ORLA DE MACAPÁ JÁ ATINGE O PASSEIO PUBLICO

sábado, 22 de agosto de 2015

22.08 > DIA DO FOLCLORE > EU SOU FOLCLORISTA COM ORGULHO



22.08 > Dia Mundial do Pensamento e DIA DO FOLCLORE

Por > Neca Machado (Jornalista Colaboradora, Escritora, Especialista em Educação e FOLCLORISTA)

Eu sou uma FOLCLORISTA TUCUJU, escrevi dezenas de CONTOS sobre a Mitologia Tucuju e  continuo a VALORIZAR NOSSA GASTRONOMIA.

“O Dia do Folclore é celebrado internacionalmente (incluindo no Brasil) no dia 22 de agosto. Isso porque nessa mesma data, no ano de 1846, a palavra “folklore” (em inglês) foi inventada. O autor do termo foi o arqueólogo inglês William John Thoms, que fez a junção de “folk” (povo, popular) com “lore” (cultura, saber) para definir os fenômenos culturais típicos das culturas populares tradicionais de cada nação.
Sabemos que o folclore, ou cultura popular, tem despertado grande interesse de pesquisadores de todo o mundo desde o século XIX. É fundamental para um país conhecer as raízes de suas tradições populares e cotejá-las com as de caráter erudito. Os grandes folcloristas encarregam-se de registrar contos, lendas, anedotas, músicas, danças, vestuários, comidas típicas e tudo o mais que define a cultura popular.”

CONTOS DA NECA MACHADO

Publiquei centenas de CONTOS que foram releituras de estórias contadas a mim, por verdadeiros PIONEIROS DO AMAPÁ, que poderiam ser publicadas para que as futuras gerações conhecessem a nossa VERDADEIRA ESTORIA, CONTOS E CAUSOS POPULARES, mas, infelizmente só consegui com RECURSOS PROPRIOS publicar apenas um ENSAIO com 10 contos, ninguém da área da cultura amapaense teve interesse.

Dia de Monteiro Lobato não precisamos ficar reproduzindo suas estórias infantis, AQUI NO AMAPÁ, temos tantas histórias E ESTORIAS, belas, traduzindo a verdadeira CARA DA CULTURA TUCUJU.



A BORBOLETA
Publicado no Jornal Diário do Amapá em; 12 de fevereiro de 2003-cultura.

A BR 156 estava completamente nublada ao entardecer, e ainda no vidro do carro embaçado pela chuva fina, o motorista tentava não desviar da estrada, porém, os buracos em numero excessivo eram grande obstáculo, ele ainda estava preocupado com o sono leve que se aproximava deixando transparecer um ar de inquietação.
Neste momento um caminhão carregado de eucaliptos que vinha em sentido contrario o fez redobrar a atenção para não ocasionar um acidente grave.
O buraco no meio da estrada surgiu como por encanto, ele sabia que não estava lá quando veio pela primeira vez, e o sol ainda estava no alto norteando sua viagem. O barulho das rodas no asfalto fez com que os ocupantes que estavam no banco de traz acordassem, e aos gritos perguntavam: o que foi isso? E o coitado branco de medo não tinha uma explicação.
A viagem com o primeiro susto seria o começo de uma grande odisséia naquela noite. O carro equilibrava na estrada como que conduzido por algo estranho e o motorista continuava com seu medo sem demonstrar aos outros ocupantes.
O vento forte que bateu no vidro da janela, fez com que uma claridade repentina despertasse o motorista que já se acalmava do primeiro susto, e ele não sabe explicar como o fenômeno aconteceu: primeiro foi uma rajada de vento acompanhado de uma luz muito forte, depois um inseto que foi se transformando em algo maior e ele exclamou assustado aos amigos que era uma Borboleta gigante.
No percurso com destino ao município amapaense de Ferreira Gomes, uma Borboleta luminosa acompanhou a viagem sem se deixar ficar para traz.
As vezes acompanhava do lado direito do carro, e quando o motorista tentava firmar o olhar para reconhecer o inseto, ela se esquivava e desaparecia, para logo em seguida surgir do nada no outro lado.
A luz que a rodeava era uma luz diferente que mudava de cor segundo o tal motorista que não conseguiu descrever qual a sensação de visualizar algo sobrenatural. Também existiu o medo que foi indescritível naquele momento de pavor.
E a estória da tal Borboleta Gigante se espalhou pelos velhos motoristas da BR 156.