rio

rio

quarta-feira, 30 de novembro de 2016

NECA MACHADO VISITA AMSTERDÃ NA HOLANDA

NECA MACHADO VENDE SEU SITIO NO BAIRRO DO LAGUINHO MACAPÁ

+29.11.2016 - SOMOS TODOS CHAPECOENSES

MOISÉS SOUZA NA CADEIA E EDINHO DUARTE PROCURADO VIVO OU MORTO


1.   ABSURDOS > Moises Souza já está preso.

2.   CIDADÃO COMUM VAI PARA O INSTITUTO PENITENCIARIO DO AMAPÁ, E MOISES SOUZA CONDENADO QUER PRISÃO DOMICILIAR.

3.   A população do Amapá está revoltada com as manobras feitas por advogados para a entrega do CONDENADO MOISES SOUZA que responde a vários CRIMES quando deputado estadual do Amapá.

4.   Exigiu muito, fez escândalos para não ser preso, foi considerado foragido e ontem se entregou na sede do Ministério Público do Amapá.

5.   Ladrões comuns o aguardavam no Iapen.

6.   Ele queria ir para o comando da polícia militar, mas lá não é seu lugar, diziam muitos revoltados com sua prisão.

7.   Moises Souza já está no Centro de Custodia do Bairro do Zerão em Macapá. E AINDA DEU EM RADIALISTA.

8.   E o ex deputado EDINHO DUARTE continua foragido. (PARA MUITOS, ESTÁ TODO MIJADO)Como gosta de dizer: TÁ DOIDO É? Agora vai cantar no xilindró, bem feito.

9.   A população revoltada quer o cumprimento da pena INTEGRAL, mas isso é sonho em um Pais onde as Leis são desiguais para classes econômicas diferentes.

10.               E O DESEJO DE MUITOS AMAPAENSES É QUE A JUSTIÇA RETOME OS SEUS BENS, talvez, muitos comprados com dinheiro ROUBADO, e que devolvam o que roubaram, e que cumpram em regime fechado integralmente as penas de condenação as quais foram sentenciados.

11.               E QUE A JUSTIÇA POSSA PRENDER MUITO MAIS EM TODAS AS ESFERAS.
12.               QUE CHEGUE A CAMARA DE VEREADORES DE MACAPÁ.





terça-feira, 29 de novembro de 2016

NECA MACHADO NÃO ESCUTA LIXO -ROBBIE WILLIAMS - ANGELS (LEGENDADO EM PT)

NECA MACHADO NÃO ESCUTA LIXO >A Whiter Shade of Pale (traduzione italiano)

POPULAÇÃO QUER CONDENADOS NA CADEIA

marteloA pedido do Ministério Público do Amapá (MP-AP), a presidente do Tribunal de Justiça do Estado (TJAP), desembargadora Sueli Pini, determinou, na noite da última segunda-feira (28), a expedição de mandado de prisão contra o ex-presidente da Assembleia Legislativa do Amapá (ALAP), deputado Moisés Souza, o ex-deputado Edinho Duarte, o ex-secretário de finanças da Casa, Edmundo Tork e os empresários Marcel Souza Bitencourt e Manuela de Albuquerque Bitencourt, todos condenados em Ação Penal decorrente da Operação Eclésia pelos crimes de dispensa ilegal de licitação e peculato.


A condenação, cujas penas variam entre 7 e 9 anos de reclusão, é referente ao pagamento indevido em favor da empresa Marcel S. Bitencourt – ME, contratada sem licitação em março de 2011 pela ALAP, para prestar um serviço de consultoria técnica no valor de R$ 397.430,00 mil (trezentos e noventa e sete mil, quatrocentos e trinta reais). Os ex-gestores do Poder Legislativo alegaram caráter emergencial, no entanto, segundo o que foi apurado pelo MP-AP, o serviço, integralmente pago, sequer foi realizado.

O Núcleo de Inteligência da Promotoria (NIP), coordenado pela promotora de Justiça Andrea Guedes, e o delegado de Polícia Civil Celson Pacheco estão responsáveis pelo cumprimento dos mandados de prisão, que devem ser efetivados nesta terça-feira, 29.

Na decisão, a desembargadora Sueli Pini ressaltou o entendimento do Supremo Tribunal Federal de “que a execução provisória da condenação definida nas instâncias ordinárias constitui exigência da ordem pública, para assegurar a eficácia do direito penal e a confiança do Poder Judiciário, que ficam seriamente abaladas quando alguém é condenado nas instâncias ordinárias e acaba impune pela prescrição da pretensão punitiva ou demora a ser efetivamente punido”.

Além desta condenação, Moisés Souza, Edinho Duarte e Edmundo Tork estão condenados em mais quatro ações penais oriunda da Operação Eclésia, que revelou um grande esquema de corrupção no Poder Legislativo amapaense, resultando no desvio de aproximadamente R$ 50 milhões dos cofres públicos. “A demora no cumprimento das penas privativas de liberdade em questão faz com que o sistema criminal pareça ineficiente”, reforçou a presidente do TJAP.

Penas

Moisés Reátegui de Souza (deputado estadual) foi condenado a 4 anos e cinco meses de detenção pelo crime de dispensa ilegal de licitação, 9 anos de reclusão, somando 13 anos e 5 meses em regime inicialmente fechado, para o crime de peculato desvio, além do pagamento de 5% de multa sobre o valor do contrato e 200 dias/multa na ordem de um salário mínimo por dia.

Jorge Evaldo Edinho Duarte: (ex-deputado estadual e 1º secretário da Mesa Diretora da ALAP à época dos fatos) foi condenado a 4 anos e cinco meses de detenção pelo crime de dispensa ilegal de licitação, 9 anos de reclusão, somando 13 anos e 5 meses em regime inicialmente fechado, pelo crime de peculato desvio, além do pagamento de 5% de multa sobre o valor do contrato e 200 dias/multa na ordem de um salário mínimo por dia.

Edmundo Tork Ribeiro (ex-secretário de finanças da ALAP) foi condenado a 4 anos e cinco meses de detenção pelo crime de dispensa ilegal de licitação, 9 anos de reclusão, totalizando 13 anos e 5 meses em regime inicialmente fechado pelo crime de peculato desvio, além do pagamento de 2% de multa sobre o valor do contrato e 200 dias/multa na ordem de 3/30 do valor do salário mínimo.

Marcel Souza Bitencourt e Manuela de Albuquerque Bitencourt (empresários) condenados a 7 anos de reclusão pelo crime de peculato desvio, 4 anos de detenção pelo crime de dispensa ilegal de licitação, 2 anos de reclusão pelo crime de falsidade ideológica documental, totalizando 13 anos, mais multa de 5% sobre o valor do contrato e 180 dias/multa na ordem de ½ salário mínimo ao dia.

SERVIÇO:
 
Assessoria de Comunicação do Ministério Público do Estado do Amapá
Contato: (96) 3198-1616/(96) Email: asscom@mpap.mp.br

HOMENAGEM DO AMAPÁ (NECA MACHADO) A LUCAS GOMES (SOMOS TODOS CHAPECOENSES)

MEU NOME É MARIA, TEMPESTADE E CALMARIA!

Neca Machado adicionou 3 novas fotos — com Neca Machado.
Agora mesmo
MEU NOME É MARIA,
TEMPESTADE E CALMARIA!
Curtir
Comentar
Comentários
Neca Machado MEU NOME É MARIA! 
TEMPESTADE E CALMARIA.

Neca Machado (Administradora Geral, Artista Plástica, Bacharel em Direito Ambiental, Especialista em Educação Profissional, Escritora de Mitos da Amazônia, fotografa com mais de 100 mil fotografias diversas, premiada em 2016 com classificação na obra brasileira “Cidades em tons de Cinza”, Concurso Urbs, classificada com publicação de um poema na obra Nacional, “Sarau Brasil”, Novos Poetas de 2016, Pesquisadora da Cultura Tucuju, Contista, Cronista, Poetisa, Coautora em 03 obras lançadas em Portugal em 2016, Licenciada Plena em Pedagogia, Jornalista, Blogueira com 25 blogs na web, 21 no Brasil e 04 em Portugal, Quituteira e designer em crochê.)

MEU NOME É MARIA!
SOU TEMPESTADE E CALMARIA!

“Posso ser atingida por ondas, mas, não afundarei, porque se não houver chuvas, não haverá floradas...”

EU não sou Santa,
Nem tenho manto,
Mas, tenho fé...
Desbravo a dor
Cheia de pranto
Faço do encanto
A magia em curso, feito Maré....

MEU NOME É MARIA!
INTENSA, CHEIA DE TERNURA
Caminho, percurso de pura coragem.

Não sou Santa de candura, mas, cultivo a fé!
Na harmonia das horas
Sou tão Senhora, de Maria a Nazaré...
Sou Senhora de meus Sonhos,
Tenho o encanto da floresta,
Brilho suave na testa
Essência nativa
Banhada com a magia de deuses afros.
Que aportaram suas Luzes divinas
Em minha cor.

MEU NOME É MARIA!

Sou descendente afro
MARIA de suor, lagrimas, dor e alegrias,
MEU NOME É MARIA! TEMPESTADE E CALMARIA.

Maria feito maré sem rumo
Que desagua em norte incerto
Com o vento bravio no rosto, como recompensa
Serena, altiva e MARIA!

MEU NOME É MARIA!
Caminheira sem raiz
Com raízes aéreas, motriz de uma força singular.

MARIA compasso
Passo, encanto, magia
Soneto, rima, poesia...
MARIA, MARÉ, TEMPESTADE E CALMARIA!
MEU NOME É MARIA!

Percurso e fé,
Caminho, trilhas, ninhos
Prados, montanhas
Céu infinito
Nuvens esparsas
Voo livre, MEL NOS OLHOS...

SOU A MARIA, mas, não sou SANTA.
Sem manto, tenho prantos, 
Tenho dor, tenho risos de encantos,
Mas, tenho fé!

MEU NOME É MARIA!
TEMPESTADE E CALMARIA!
Dependendo da euforia.
Neca Machado
Escreva um comentário...

TIROS, CORRE CORRE, POLICIA E DINHEIRO JOGADO NA LAMA, E NÃO ERA A CHEGADA DO PAPAI NOEL

TIROS NO CENTRO DE MACAPÁ
(BAIXADA DO COCÔ)

BOATOS DIZEM QUE ERA 100 MIL DE UMA EMPRESA DO LAGUINHO
(Apareceu gente com saco de dinheiro achado na lama)


ASSALTO COM TIROS
28.11.2016 – 14.00horas

Duas horas da tarde e me surpreendo com um barulho ensurdecedor de TIROS, Saio a sacada, MORO NA AVENIDA MÃE LUZIA NO CENTRO DA CIDADE e vejo um cidadão civil com um revólver na mão aos gritos. Em pouco tempo a AVENIDA MÃE LUZIA ESQUINA DA RUA JOSÉ SERAFIM no bairro do Laguinho estava cheia de gente.
Telefonei ao 190 para que uma viatura verificasse o ocorrido.
E escutei de alguém que era “SAIDINHA DE BANCO”
De repente aparece alguém gritando que tinha dinheiro debaixo de uma casa, e entrega ao cidadão autor dos tiros.
Logo a polícia chega e a avenida se enche de curiosos e policiais.

VIROU ROTINA POR AQUI ASSALTOS E FURTOS
TUDO ISSO NO CENTRO DA CIDADE E SEM MONITORAMENTO.

EU TENHO SISTEMA DE MONITORAMENTO

Infelizmente a ponte de acesso aos dois bairros, o do Laguinho para o Igarapé das Mulheres vai continuar a servir de elo entre bandidos que assaltam no centro e correm por aqui.
Se a avenida já estivesse ABERTA, PORQUE A MAIORIA DOS MORADORES JÁ FOI CONTEMPLADA COM CASAS E APARTAMENTOS POPULARES a realidade seria outra, o 6º Batalhão da Policia Militar não fica a 3 quadras de distância e isso inibiria os assaltantes, tudo isso é ao lado da Prefeitura de Macapá. Tem mais perigo, são dezenas de crianças nas casas no meio da avenida, que brincam no meio da avenida, e se não hora dos tiros tivesse uma criança no meio?
Haveria uma fatalidade.
FORAM MAIS DE CINCO TIROS, TUDO ISSO DUAS HORAS DA TARDE.


segunda-feira, 28 de novembro de 2016

TACACÁ DA NECA MACHADO, O VERDADEIRO SABOR DA AMAZONIA

ZOLADEX UM REMÉDIO QUE FALTA NO AMAPÁ PARA PACIENTES DE CANCER

ESSE DINHEIRO FOI PRA ONDE? 60 MILHÕES PARA APOIAR TRANSPORTE PUBLICO?

Bancada do Amapa - S/PARTIDO/AP
15. 453. 2048. 10SS. - Apoio a Sistemas de Transporte Público Coletivo Urbano - No Estado do Amapá
4
30
60.000.000,0


SE MACAPÁ NÃO TEM TRANSPORTE GRATUITO

SE MACAPÁ NÃO TEM SISTEMA DE TRANSPORTE ELETRICO

SE MACAPÁ NÃO TEM SISTEMA MODERNO DE TRANSPORTE URBANO


O POVO PERGUNTA PRA ONDE FOI ESSE DINHEIRO?




COM A PALAVRA O MINISTERIO PUBLICO FEDERAL

QUASE 500 MILHÕES QUE A BANCADA PARLAMENTAR DO AMAPÁ CONSEGUIU, DARIA PARA TERMINAR O HOSPITAL DO CANCER E FAZER O MAIOR CENTRO NA AMAZONIA

Emenda
Funcional Programática - Título/Subtítulo
GND
MA
Valor
Bancada do Amapa - S/PARTIDO/AP
12. 364. 2032. 20GK. - Fomento às Ações de Graduação, Pós-Graduação, Ensino, Pesquisa e Extensão - No Estado do Amapá
3
90
35.000.000,00
Bancada do Amapa - S/PARTIDO/AP
12. 363. 2031. 20RG. - Expansão e Reestruturação de Instituições Federais de Educação Profissional e Tecnológica - No Estado do Amapá
3
90
25.000.000,00
Bancada do Amapa - S/PARTIDO/AP
02. 122. 0571. 3725. - Construção do Edifício-Sede do Fórum Trabalhista em Macapá - AP - Macapá - AP
4
90
35.000.000,00
Bancada do Amapa - S/PARTIDO/AP
10. 302. 2015. 8535. - Estruturação de Unidades de Atenção Especializada em Saúde - No Estado do Amapá
4
41
45.000.000,00
Bancada do Amapa - S/PARTIDO/AP
02. 122. 0570. 7U74. - Construção de Cartório Eleitoral no Município de Macapá - AP - Macapá - AP
4
90
20.000.000,00
Bancada do Amapa - S/PARTIDO/AP
10. 302. 2015. 8535. - Estruturação de Unidades de Atenção Especializada em Saúde - Estruturação do Pronto Socorro da Zona Norte de Macapá - Macapá - AP
4
30
20.000.000,00
Bancada do Amapa - S/PARTIDO/AP
10. 302. 2015. 8535. - Estruturação de Unidades de Atenção Especializada em Saúde - Macapá - AP
4
31
30.000.000,00
Bancada do Amapa - S/PARTIDO/AP
12. 368. 2030. 20RP. - Infraestrutura para a Educação Básica - Macapá - AP
4
40
20.000.000,00
Bancada do Amapa - S/PARTIDO/AP
12. 368. 2030. 20RP. - Infraestrutura para a Educação Básica - Macapá - AP
3
40
20.000.000,00
Bancada do Amapa - S/PARTIDO/AP
15. 453. 2048. 10SS. - Apoio a Sistemas de Transporte Público Coletivo Urbano - No Estado do Amapá
4
30
60.000.000,00
Bancada do Amapa - S/PARTIDO/AP
05. 153. 2058. 20PY. - Adequação de Organizações Militares do Exército- Implantação de um Comando de Brigada - No Estado do Amapá
3
90
15.000.000,00
Bancada do Amapa - S/PARTIDO/AP
05. 153. 2058. 20PY. - Adequação de Organizações Militares do Exército- Implantação de um Comando de Brigada - No Estado do Amapá
4
90
35.000.000,00
Bancada do Amapa - S/PARTIDO/AP
05. 244. 2058. 1211. - Implementação de Infraestrutura Básica nos Municípios da Região do Calha Norte - No Estado do Amapá
4
30
35.000.000,00
Bancada do Amapa - S/PARTIDO/AP
12. 364. 2032. 8282. - Reestruturação e Expansão de Instituições Federais de Ensino Superior - No Estado do Amapá
4
90
35.000.000,00
Bancada do Amapa - S/PARTIDO/AP
02. 122. 0569. 158H. - Construção do Edifício-Sede da Justiça Federal em Laranjal do Jari - AP - Laranjal do Jari - AP
4
90
7.000.000,00
Bancada do Amapa - S/PARTIDO/AP
26. 782. 2075. 9999. - Construção do trecho rodoviário na BR-210 trecho Pedra Branca do Amapari - Rio Jacaré - Construção do trecho rodoviário na BR-210 trecho Pedra Branca do Amapari - Rio Jacaré - No Estado do Amapá
4
90
88.200.000,00
Bancada do Amapa - S/PARTIDO/AP
10. 302. 2015. 8535. - Estruturação de Unidades de Atenção Especializada em Saúde - No Estado do Amapá
4
31
32.000.000,00
Bancada do Amapa - S/PARTIDO/AP
10. 302. 2015. 8535. - Estruturação de Unidades de Atenção Especializada em Saúde - No Estado do Amapá

1.